12.1.13

Martin Schulz

Martin Schulz, o presidente do Parlamento europeu, esteve em Portugal. E deixou palavras muito simpáticas para o esforço que o povo português está a fazer, no quadro do processo de ajustamento estrutural em curso. Consequente com as ideias que sempre defendeu, Martin Schulz falou da necessidade de serem introduzidas políticas de incentivo ao crescimento e à retoma do emprego, sublinhando a evidência, para alguns, de que as políticas de austeridade são apenas instrumentais.

Conheço pessoalmente Martin Schulz há vários anos, desde os tempos em que nos cruzávamos no Parlamento europeu, por onde eu andava muito e onde ele criou bons amigos portugueses. Martin é um homem sério e com fortes convicções, como o demonstrou no modo digno como suportou uma canalhice que, há anos, lhe foi dirigida por um líder governamental latino de má memória. Encontrei Martin Schulz aqui em Paris, há alguns meses, já nas suas novas funções, cidade onde veio visitar os seus amigos. A Europa está muito bem servida com Martin Schulz à frente do seu parlamento.  

A polémica do dia

Pronto! Com a decisão australiana sobre o tenista sérvio está criado um folhetim com todos os ingredientes: vedetas, política, teorias da co...