26.1.13

384 livros

São 384! São os livros que, pela primeira vez na minha vida, deixo para trás, aqui em Paris.

Realisticamente, eles não caberiam nas minhas estantes em Portugal e os milhares que encheram muitos caixotes, que já estão a caminho no contentor, terão de ficar num armazém, em Lisboa, até que eu consiga espaço (sei lá como!) para acomodá-los.

Até hoje, num otimismo sem sentido, mantive sempre a ideia (que sabia falsa) de que poderia vir a relar qualquer dos livros que possuía. Nesta lógica, começo a ficar preocupado comigo mesmo por "desistir" de ler estes 384 livros. Tenho de pensar melhor nisto...

A polémica do dia

Pronto! Com a decisão australiana sobre o tenista sérvio está criado um folhetim com todos os ingredientes: vedetas, política, teorias da co...