terça-feira, 7 de abril de 2009

Bilboquet

Em 1966*, os Sheiks, agrupamento musical português que à época fazia furor, desembarcaram no Bilboquet, em Paris, onde, durante algum tempo, se apresentaram ao público francês. Recordo-me das reportagens na "Plateia", lidas, entre nós, com alguma inveja, pelo que presumíamos serem as delícias da noite parisiense. A julgar pela imagem de hoje, a noite continua divertida por lá.

O Bilboquet permanece na rua Saint-Benoît, em Saint-Germain-des-Prés. Fundado em 1947 por Boris Vian (é verdade!), diz o Google que por ela passaram nomes como Duke Ellington, Charlie Parker, Sidney Bechet e Miles Davis.

Os Sheiks desapareceram, embora reapareçam em "remakes" pontuais. Para os saudosos, aqui fica o seu "Missing You", no que não tenho a certeza seja a versão original.

* Data corrigida por Luis Pinheiro de Almeida

7 comentários:

Anónimo disse...

Senhor Embaixador,
Sou sua colega no ISCSP, a admiradora, desde há vários anos, da sua postura e do seu trabalho. Desde que tomei conhecimento da existência do seu blog, fico muito feliz por verificar que as suas Notas Pouco Diárias são bem mais frequentes do que o título faria supor.E, naturalmente, sou uma leitora assídua, pela satisfação que proporciona.
Bem haja.
C.Costa

Rui M Santos disse...

Que saudades...
Penso que é a versão original sim, e é excelente !

Rui M Santos

Francisco Seixas da Costa disse...

O subtítulo do blogue é um "preemptive strike" para garantir perdão perante as ondas de preguiça e de falta de imaginação que, cedo ou tarde, irão aparecer. Mas, de qualquer forma, muito obrigado pelas palavras e pela paciência em ler-me.

Anónimo disse...

Quem é que disse, que disse que perante a falta de imaginação... Temos sempre a imaginação...

E os Pseudomedos ás vezes extravazam sensatez e uma humildade admirável, em qualquer contexto.

Os Sheiks continuam a ser um excelente pano de fundo musical para encetar qualquer momento.
Isabel Seixas

Anónimo disse...

Permita-me uma correcção, sr. Embaixador, os Sheiks estiveram no Bilboquet, de Paris, em Dezembro de 1966, tendo regressado a Lisboa no princípio de 67, por causa dos estudos.

E foi precisamente aí, no Bilboquet, que perderam uma carreira internacional já que - por causa dos estudos de Carlos Mendes - não puderam aceitar um convite de um agente dos Rolling Stones.

A grande reportagem dos Sheiks em Paris está numa "Rádio & Televisão", de 07 de Janeiro de 1967.

LPA

Anónimo disse...

E se tiver interessado, sr. Embaixador, posso enviar-lhe as capas dos dois discos dos Sheiks editados em França.

LPA

Anónimo disse...

Muito obrigada pelo seu comentário. Tenho, porém, a certeza de que, pelo que conheço de si, nunca precisará de recorrer a tais 'manobras'. Continuarei a ler as suas Notas, sem paciência, que não é de todo necessária, mas com um prazer tranquilo e refrescante.
Uma boa noite, Senhor Embaixador.
C.Costa