quinta-feira, 2 de abril de 2009

Tell Barroso

O presidente da Comissão Europeia colocou à disposição dos cidadãos um site para o qual os cidadãos europeus podem escrever-lhe para dar sugestões sobre a Europa.

O site tem versões em inglês, francês, alemão, espanhol e polaco.

8 comentários:

aminhapele disse...

Esta é que parece do 1º de Abril...

Paulo M. A. Martins disse...

Quanto é que o Presidente da Comissão Europeia, Dr. José Manuel Durão Barroso, ou a União Europeia paga por cada sugestão / parecer?

Parece-me que o "ovo de Colombo" já há muito fez a sua estória!

Como diria o meu Amigo Alfredo:

"Com as calças do meu pai, também sou homem!"

De tão atarefado, o Presidente Durão Barroso, só agora, em final de mandato, se lembrou que a Europa também tem cidadãos. Aqueles que ainda persistem em trabalhar. No duro...

Forte abraço.

Paulo M. A. Martins
Fortaleza (CE)
Brasil

Dulce Dias disse...

Bem,

todos aqueles que me conhecem, sabem quão virulentas são as minhas críticas do abandono a que DB votou a língua de Camões.

Desta vez, no entanto, convém ver as coisas como elas são: o site pertence a um "think tank" (Center for European Studies) e nem sequer é financiado pela Comissão Europeia, mas sim pelo Parlamento Europeu.

Obviamente, DB poderia ter feito um "forcing" para que o site estivesse também em Português... Mas tendo em conta que o apoio do Sócrates para um segundo mandato à frente da Comissão já está garantido - percebo o Sócrates: mais vale deixar o DB em Bruxelas!!! -, o melhor mesmo é convencer os polacos a apoiarem a sua candidatura!

Anónimo disse...

Bem observado essa de Paulo Martins sobre DB só agora, em final de mandato, se lembrar que a Europa também tem cidadãos.
Igualmente o mesmo sobre porque não permitir comentários na língua de Pessoa, sendo ele português.
Mas e os "direitos de autor", caso a ideia seja boa e venha a ser adoptada, ficam salvaguardados?
O "rapaz" é um "pintas", dizia-me, aqui há uns tempos, um amigo lá do partido donde ele se fez.
P.R.

José Martins disse...

Senhor Embaixador,
Tomei a liberdade de inserir no meu "mais venenoso" http://maquiavelencias.blogspot.com a sua peça "Tell Barroso". Não estou de acordo que o "Tell Barroso" não figure com a língua lusa.

Helena Sacadura Cabral disse...

Sobretudo porque se juntarmos todos aqueles que no mundo falam português, já somos muitos. Claro que aqui se trata da Europa. Mas alguém acredita na Europa sem a considerar parte do mundo?
É que até o Obama percebe isso...

Unknown disse...

E não tem em portugês?

Alzira Cabrita

José Teles disse...

Italiano, também. Estão as línguas de todos os grandes países da UE. Só. É o Directório, com Barroso de plantão.