quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

José Augusto Duarte


Para quem, como eu, não foi um apoiante de Marcelo Rebelo de Sousa, é um agradável "embaraço" ter de saudar as suas anunciadas escolhas pessoais, ainda antes da sua chegada a Belém. 

Já por aqui falei da chefia da Casa Civil, depois do Conselho de Estado onde, entre outras opções acertadas, vejo com agrado os nomes de António Lobo Xavier e António Guterres, dois amigos cujas qualidades são assim distinguidas.

Agora, surge o nome de um colega da minha antiga profissão, o embaixador José Augusto Duarte, que deixa a embaixada em Maputo para chefiar a assessoria diplomática da Presidência da República. 

Trata-se de um dos mais qualificados diplomatas da sua geração, que tem sido um excecional embaixador em Moçambique, sendo além disso possuidor de uma diversificada experiência profissional. Conheço-o há mais de duas décadas e, pelo seu perfil, dá sólidas garantias de um ir garantir um bom relacionamento interinstitucional. Mais uma excelente escolha! 

2 comentários:

Deolinda Cruz disse...

Sem dúvida um excelente Embaixador, aliando às suas qualidades diplomáticas uma enorme simpatia e afabilidade. Imprimiu à Embaixada o seu cunho pessoal, refletido nos restantes elementos da mesma. As nossas missões (IHMT/UNL) àquele País são disso testemunho! Lamento a saída, mas elogio o Professor Marcelo pela escolha! Ótimo sinal!

Anónimo disse...

Excelente escolha.

JPGarcia.