sábado, 19 de fevereiro de 2011

João Moniz

Há já algum tempo, tive uma mostra sua na Embaixada. Na sexta-feira, fui ver os seus novos trabalhos, nas paredes do Consulado-Geral de Portugal em Paris, na exposição "Singularités du blanc", que é possível visitar até 11 de março.

João Moniz trabalha entre Lisboa e Paris. Nesta sua nova série, a cor desempenha um papel cada vez mais relevante, sobre o seu branco tradicional.

2 comentários:

Anónimo disse...

Não gosto!

CSC

Anónimo disse...

Eu gosto imenso...

Há algo de tão Subversivo, uma provocação tão grande ao simples a parecer complexo e ao complexo a parecer simples, que nos ilude veementemente no assim também eu era capaz, na libertação da cor de refém aliada ao politico num rosavermelhosalmãocoral e enigmático do parolo ao malaico culminando na dúvida do bom gosto... e do escandalosamente caro face à matéria prima de modo a que consiga fazer perceber o valor ao sr. Emídio...

Agora eu gosto e agradeço a oportunidade ... Até porque me faz lembrar pelas imagens veladas e subtis um homúnculo de penfield a divertir-se escorregando por uma coluna vertebral quase sem curvaturas enfáticas...

Basicamente porque estimula algo a a... minha apetência natural para o rebuscado no simplório...
Isabel Seixas