terça-feira, 12 de agosto de 2014

À conversa no "Pereira" (13)

- Não sabia que falavas alemão! Vi-te muito animado à conversa na praia com aqueles teus amigos "teutónicos".
- A vantagem de se falar com estrangeiros é que isso nos permite fugir dos temas inevitáveis das conversas entre portugueses - o BES e o PS.
- Isso é bem verdade! E de falavam vocês?
- Olha, quando passaste por lá, por acaso, estávamos a falar da "selfie" do macaco.
- É uma conversa bem mais interessante, de facto...

3 comentários:

Isabel Seixas disse...

Convenhamos que o macaco é bem expressivo, a foto vem bem a propósito desta macacada toda...

Além de que reúne todos os critérios para se levar tudo na macacada principalmente em férias.

patricio branco disse...

café apetitoso...

Anónimo disse...

Cá por mim nunca vejo notícias portuguesas, embora leia jornais que julgo indispensáveis e que me permitem seguir o mundo sem as piscadelas de olho, o anúncio do apocalipse amanhã de manhã ou as paixôes extremadas de José Rodrigues dos Santos. Gozei por isso verão incólume ao que possa ter sacudido o BES. Não sei nem quero saber. Tomo nota dos barretes profundamente ignorantes do SOL sobre as questões europeias. Hoje o barrete do dia é que Bruxelas ia mesmo atribuir a Maria Luis uma "superpasta na coordenação económica"(sic), desconhecendo-se que esta já está atribuida ao francês Pierre Moscovici. A designação de uma figura menor como Moedas mostra que Passos Coelho não é patriota e põe acima a obstinação e as fidelidades pessoais ao interesse nacional. É evidente que Silva Peneda, ultra bem preparado, também não convinha a Coelho pois põe abertamente em xeque a estúpida política de austeridade seguida pelo Primeiro-Ministro. Mandamos pois para Bruxelas um janíssaro para abrir a porta com solenidade aos estrangeiros e acenar que sim com a cabeça.