sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Boas Festas...

 ... para todos os leitores deste blogue.

Para os republicanos e para os monárquicos, para os críticos e para os defensores do acordo ortográfico, para os que adoram touradas e para quantos as detestam, para quem é de direita e para quem anda pela esquerda, para os bloguistas "graves" da política e para os que não se levam muito a sério, para os adeptos do Sporting e para os adeptos do resto, para os pessimistas e para os meus comparsas otimistas - para todos, Festas Felizes e os meus votos de que 2013 (13, cruzes!) não venha a ser tão mau como alguns já o pintam.
________________

Post-scriptum só para vilarealenses. O meu amigo Francisco Agarez insinuou, no Facebook, que a fotografia acima reproduzida não parecia ser de Vila Real. Ora isso é um óbvio absurdo. Mandei-lhe a seguinte mensagem: 

Caro Francisco Agarez: mude de óculos, homem! A foto já tem uns anos, mas então não se vê logo que é a avenida Carvalho Araújo, em Vila Real? O vulto a subir é o Bertelo, saído da Sé, junto ao Pátio das Cantigas. A seguir, dos Correios, espreita o Setas e, logo adiante, passados os Quinchosos, junto ao portão do Seminário, lá está a batina do padre Sarmento. Os carros de praça que passam são do Falei e do Bragança. Na reentrância da pensão do Camposana está bem à vista a figura do Honório (não, não é o Fernando Pessoa!), com o saco de plástico na mão. Na vitrine da Pompeia, nota-se que o Neves está a correr os estores. Logo depois, o padre Henrique (então não vê?) está à porta da Voz de Trás-os-Montes, tendo ao lado o Alvelos, que acaba de fechar o Turismo (lá estão as bilhas de segredo de Bisalhães na montra!). Com algum cuidado, vê-se o dr. Zézé a sair do Clube pela escada para a avenida. E, um pouco acima, o Sarreiro encerra a sua loja e o Zé Araújo fecha a porta da Galeria d'Artes, ao lado do barbeiro. Não sei bem quem é o miúdo que está a sair da porta do edifício da Caixa mas, bem mais ao fundo, à direita, embora um pouco mais difícil de descortinar, podem ver-se garrafões a sair do Alcino para a carrinha do António da Toca da Raposa, bem como a barriga proeminente do Furriel, de chapéu na cabeça, a falar com o Chico Costa, de boina basca. Logo depois, bem visível, lá está a bela varanda dos Mota e Costa, com o João Albardeiro encostado à parede a falar com o Quim Rato. Finalmente, só por distração é que você não viu o Pincha e o Chico Cereja a discutir nas escadas do Tribunal. Caramba, homem, vá ao Frederico ver esses olhos! E já que anda ali pelo Pelourinho, compre-me um bolo-rei. Mas na Gomes velha, está bem?)

Em tempo: e o Francisco Agarez respondeu:


Tem toda a razão, meu caro Francisco, mas que quer? Ainda uso as cangalhas que o pai do Frederico me receitou em 1959 e que aviei no Ferreira oculista. Eu bem andava a estranhar ver tudo desfocado à minha volta e já me tinha convencido de que tinha mesmo de mudar de lentes. Mas quando me preparava para passar das intenções aos actos levei com o OE 2013 e encolhi-me todo. Tenho o azar de ter graduações diferentes nos dois olhos (defeito de fabrico de que já não tenho junto de quem reclamar), o que me impede de comprar os óculos novos numa loja das Three Gorges. E também, para lhe dizer quanto é franco, acho que o melhor é mesmo continuar assim, que o que está para vir não é bonito de se ver e já não tenho pernas para ir à caça de lebres e aparentados. Um Bom Natal para si e para a sua mulher".

Nos comentários, alguns vilarealenses ajudaram ainda a "ler" melhor a fotografia. 

27 comentários:

papoila disse...


Muito obrigada.
Feliz Natal e um excelente ano de 2013.

jj.amarante disse...

Senti-me incluído em muitas das suas categorias pelo que agradeço e retribuo os seus votos de Boas Festas!

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Obrigado Senhor Embaixador. Para si e toda a sua familia, os meus votos de um Santo e Feliz Natal que estendo a todos os seguidores deste fantástico blogue.

Helena Sacadura Cabral disse...

Senhor Embaixador,
Tirando o Acordo Ortográfico - desculpe lá meu querido Alcipe, mas eu tinha que dizer isto - e a monarquia - se for constitucional e ficar mais barata que a república, até sou capaz de ceder - aceito todas as festas felizes.
O ano de 2013 será o possível com Gaspar a comandar. A minha esperança é que como as suas - dele, claro - previsões têm saído todas goradas, a estas possa acontecer o mesmo! Mas para melhor...cruzes, agora digo eu!

Isabel Seixas disse...

Contra factos não há argumentos, todo o postal de Boas Festas está a preceito,imagem e dedicatória.

Consigo também rever-me na diversidade de estados de espírito mencionados, alguns com maior prevalência.De qualquer forma o retrato do espirito de Natal.

Agradeço e retribuo o Seu desejo de boas festas tornando-o extensivo a todos os leitores em especial aos leitores comentadores.

Anónimo disse...

E para os empreendedores rejuvenescidos pelo novo Portugal que nasce, nada?

a) Feliciano da Mata, homem de sucesso

Anónimo disse...

Aberto o website de sopetão, por acaso, pensei nos Champs Elysées e não em Vila Real. Mas por vezes somos pré-determinados nas nossas percepções...
Senhor Embaixador: Bom Natal, a partir de Lisboa ( e ainda sem ter lido o livro/biografia de Jorge Sampaio).

patricio branco disse...

caro fsc, ao ler as suas boas festas, que agradeço e retribuo, descubro muito sobre mim nesse catálogo que expõe, a lista é significativa, toca em pontos chave,facilita o trabalho de auto-avaliação e classificação.

e que mundo é vila real a avaliar pela fotografia, falo da escrita,a do p-s para o amigo, um texto fotografico do melhor que li ultimamente!!
boas festas pois e que saboreie o bolo rei da gomes velha, percebe-se que é bom, cá em casa vai-se por 1a vez experimentar a fazer 1, mas desconfio pois ainda não foram sequer compradas as frutas cristalizadas nem as passas, pelo sim, pelo não, acho que vou comprar um.
feliz natal pois, para o fsc mas tambem para os comentadores com quem convivemos neste blogue. p b.

Anónimo disse...

vilaRRealenses - que mania de não dobrar as consoantes!

ARPires disse...

"um texto fotografico do melhor que li ultimamente"
Como Vila-realense revejo-me neste texto fotográfico.
Até o bolo-rei da Gomes velha, não podia faltar para a descrição ser ainda mais fiel.
"Boas Festas" a todos os excelentíssimos leitores, comentadores e ao autor deste blogue. Sucesso para todos nós, no ano que se avizinha.

Anónimo disse...

Senhor Embaixador,

Agradeço e retribuo um Feliz Natal e um Ano de 2013 com tudo aquilo que for possível dentro das vicissitudes da crise.

ADOREI a descrição pormenorizada do post-scriptum, embora não seja vilarealense... Da próxima vez que caminhar pela Avenue des Champs Elysées vou apreciá-la de uma forma ainda mais "Real"!

Isabel BP

Anónimo disse...

sor embaixador

entao nao ha damas em vila real?
que vila aborrecida...

boas festas




João Areias disse...

Amigo "Quico"...
Parece-me que também vi o tal miúdo a sair da CGD... e até o Serôdio a sair do Tocaio!!!
Acho que o texto está genial! Abraço amigo e votos de boas festas do João Areias

Julia Macias-Valet disse...

Ainda bem que visitei a Bila em agosto passado...assim sempre visualizo alguma coisita desta sua resposta.

Nao creio que seja um problema de óculos o do seu amigo Francisco Agarez. Os publicitários vêm o mundo de uma forma grandiosa e cintilante ;)

FELIZ NATAL & BOM ANO DE 2013

Pssst !? Caro escriba qual foi a técnica de photoshop que utilizou para "limpar" os passantes dos Ch. Elysées ? :)))

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro Anónimo das 14.33: àquela hora, naquela terra, as senhoras já tinham recolhido a penates. Meia hora antes da foto ser tirada, dizem-me que passou a Arlanza com um saco de fruta e que foram vistas as Sete Carinhas a virar a esquina da Brasileira, cruzando-se com as Balalaicas, que recolhiam, elegantes, à rua Direita, a qual, por acaso, é torta junto ao Chinês. Mas porque não visita Vila Real?

Anónimo disse...

Pois é... O Natal se não for sinónimo de mudança, é nada. Desejar um bom Natal e um bom 2013 é desejar mudanças a todos os níveis de um passado não fácil.
Bom Natal e um 2013 cheio de mudanças. Mas eu não sei.....

Francisco Seixas da Costa disse...

Cara Júlia: eu não (re)toquei na "Avenida Carvalho Araújo" da foto. Aliás, não sei fazer photoshop, nem sequer às coisas da vida... Muito Bom Natal para si.

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro João: tens razão, mas o Serôdio estava na parte da fotografia (seria do Marius, do Macário ou do Gralheira?) que eu cortei, onde também se via o Platas a fechar a bomba, o Virómundo a sair da torre da Sé, o Sapo a montar na motorizada e o Digníssimo aos berros pelo facto do Alemão ter decidido fechar mais cedo a tasca. A nossa cidade não cabia toda num blogue. Beijos à Céu e um forte abraço para ti, com votos de Boas Festas.

Anónimo disse...

Viva sr Embaixador

Um bom Natal para o senhor também e como prenda(já que não devo ter nenhuma) fico com o seu PS porque é do melhor q há.
Também eu os conheci todos,todinhos incluindo o Choco.

Um abraço dos largos como dizia a D.Arlanza para a Libras!

Arm.

Guerra disse...

Boa noite senhor Embaixador.

Quero agradecer-lhe os votos de Boas Festas. Quero também agradecer a visita que me permite fazer-lhe diariamente através dos seus textos.
Mas também tenho um reparo e cá vai. Estou em crer que o Dr. Frederico vai ter mais visitas. Eu já sou cliente. Que veja na fotografia só essas ilustres personagens e então as outras? Repare melhor. Veja o Farinhato junto ao seu novo Taunus a falar com o empregado Afonso que dá lustro ao Peugeot. Veja como está impecável o João da Gomes com a sua camisa branquinha comprada para o desfile dos Bombeiros de baixo. Mas imperdoável é não reconhecer a personagem que está quase a dobrar a esquina da Caixa. Repare no boné de lado e na mexa que leva, vai direitinho ao Zé Carlos. É ou não é o Trindade?

Permita que lhe enderece cumprimentos cá da Bila

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro Guerra: claro que é o Trindade! Por um instante, pensei que podia ser o Tião, tanto mais que está um pouco tapado, creio que pelo Manuel Patacas. Mas é o Trindade, é evidente! O João da Gomes - é ele, claro! - recordo-me que tinha sido promovido nesse ano a "chefe de agulheta" dos "de baixo" (eu sou dos "de cima", como sabe, do chefe Artur) e está à conversa com o Guerra Liberal, ao lado do velho Vauxhall preto, onde, numa madrugada, transportámos um burro com a cabeça de fora e passámos à frente da esquadra da polícia. Bom Natal e, se os bolos-rei da Gomes velha se esgotarem, experimente os do Lapão, que não lhes ficam atrás.

JOSE ALBERTO FERRÃO MORGADO disse...

Sendo eu Arganilense, invejo os vilarealenses por terem tão magnifica avenida!
Três excelentes textos, em português
com ou sem acordo ortográfico.
Boas Festas!

Anónimo disse...

Não consegui ver a ESQUINA DA GOMES.
Será que a "fotografia foi tirada" de lá?

Anónimo disse...

NATAL EM VILA REAL É MELHOR QUE PARIS PELO MENOS EM LITERATURA!!
PARA SI E PARA GINA BOAS FESTAS E MELHOR 2013
SAUDADES
PILAR E ANTONIO

Anónimo disse...

Bom Natal para o Senhor Embaixador e sua "menina".

Abraços de um Bilarealense

Psx

Helena Oneto disse...

Este postal de Vila Real é uma maravilha! E eu a pensar que so a Avenida da Liberdade faz sombra aos Champs Elysées... mal sabia eu da existência da movimentada e cosmopolita Avenida Carvalho Araújo!
Hoje, aqui, graças à Bila, muito aprendi e muito ri! de bom rir:)! Merci!

Anónimo disse...

Em Vila Real, os amigos de longa data tratam-se por "você"?