terça-feira, 2 de julho de 2013

Briefing

12 comentários:

margarida disse...

LOL!

Anónimo disse...

Interlúdio!

Helena Oneto disse...

Salva-se o copo...

Anónimo disse...

Exatamente! É disto que vive a cambada de Lisboa (e da Madeira) que destruiu o País! Salazar deve estar a rir como um “perdido”! …ou a chorar baba e ranho…

Anónimo disse...

É preciso congregar esforços com vista à criação de uma massa crítica que possibilite o levantamento de hipóteses de solução para a presente crise, que possam ser alvo de atento e cuidado estudo no âmbito das naturais virtudes do sistema democrático.

Anónimo disse...

Palavras para quê?!

caruma disse...

'tão acabaram-se os briefings do Lomba com batatas fritas ?????? Até isso ? Não pode ! Toca a cantar o "Grândola" vá.

caruma disse...

Até os Briefings do Lomba com Batatas Fritas acabaram ?! Não pode ser ! Todos ao Marqûes, a cantar o Grândola" já!

Anónimo disse...

Ao que tudo indica, esta cadeira vai ficar vazia durante muito tempo. Antes isso do que "words, words, words".

Anónimo disse...

Parece-me que quanto a briefings estamos conversados!!!

Anónimo disse...

Bom Post.

Só traduz o cansaço dos portugueses desde os tempos das apresentações multimédia do Sr.Pinto de Sousa ("ó Luís estou bem assim ?...")aos nados mortos "briefings" deste Governo.

Transcrevendo, com a devida vénia do blog "ABC do PPM":

"Todos os que pediram a demissão deste Governo, incluindo o dr. Pacheco Pereira e os pequenos comentadores, podem explicar agora aos portugueses como é que se evita um segundo resgaste e que Portugal se transforme numa Grécia, ou pior. Bem podem limpar as mãos - e as línguas - à parede. O que mais demonstra como se estão nas tintas para o País é a forma como ainda se permitem gozar com a situação que ajudaram a criar."

Alexandre

Anónimo disse...

Diga qualquer coisa!