12.4.14

Cidadania

"Presidi" ontem, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), a um interessante exercício de mobilização de cidadania, que envolveu várias dezenas de pessoas com perfis muito diversos. Tratou-se do Fórum de Vila Real, uma iniciativa que reproduziu idênticos eventos numa dezena de cidades. Nas cerca de quatro horas que o exercício durou, que tinha como pano de fundo os 40 anos do 25 de abril, os participantes dedicaram-se a identificar iniciativas, práticas e viáveis, para promover a cidadania e reforçar a participação democrática. O meu papel foi identificar uma temática entre as várias sugeridas, colocando os interventores a discutir modelos de realizações, sem grandes custos nem necessidade de novas estruturas. Agora, resta verificar o que vai sair deste trabalho. Mas, devo dizer, depois de alguma perplexidade e até ceticismo que inicialmente alimentei sobre o mesmo, fiquei convencido de que há uma reserva de boa vontade e até de utopia que mostra que subsiste ainda um Portugal bem acordado e com uma generosidade solidária. Graças ao 25 de abril, diga-se.

A polémica do dia

Pronto! Com a decisão australiana sobre o tenista sérvio está criado um folhetim com todos os ingredientes: vedetas, política, teorias da co...