sexta-feira, 3 de julho de 2009

Curiosidade

Ontem, durante uma cerimónia de atribuição de um doutoramento honorário na Universidade do Havre, o "padrinho" de um dos agraciados considerou, no seu discurso, que as ciências se dividem em "humanas" e "inumanas". A sala agitou-se, embora sem sururu de maior por parte dos "inumanos" presentes.

No final, apurei que o autor da distinção se chamava Pierre Thorez. Nada mais nada menos, filho de Maurice Thorez, o legendário secretário-geral do Partido Comunista Francês.

Sem comentários: