sábado, 2 de setembro de 2017

Pistoleiro


Há uma figura pitoresca, de poupa armada e ar grave, que tem uma fixação recorrente pela minha pessoa. Talvez porque um dia considerei risíveis as suas pretensões políticas, feitas de uma patusca agenda justicialista - criador de suspeições nunca provadas, assentes em ridículas teorias conspirativas -, o fulano criou-me um ódio persistente que, de quando em vez, renasce nas várias plataformas em que esforçadamente se desdobra, para gáudio dos seus prosélitos, recrutados entre os furibundos comentadores de caixas de comentários. 

Ontem, depois do anúncio da minha indigitação para um cargo "pro bono" na RTP, comentei, já divertido, com um amigo: "Quantas horas demorará o tipo a reagir?" Foram 12 horas! Coitado, está a perder a mão! Como pistoleiro, devia ser mais rápido... 

6 comentários:

Anónimo disse...

Lembrei-me de duas piadas do meu tempo. "Pepe Rapido" e "Indio Chupista"

Ainda se recorda?

Bom domingo com sol

Saudades

F. Crabtree

Helena Sacadura Cabral disse...

Subtileza é uma qualidade rara. O meu amigo não só a tem como a usa muito bem. Desta vez ri de vontade e creio que por óbvias razões!

Augie Cardoso, Plymouth, Conn. disse...

O tal pistoleiro devia apontar a sua arma de critica aos dois DEPLORAVEIS factos, que ha uma televisao publica controlava pelo governo, e tambem que tem um corpo directivo e supervisao apontado pela assembleia. Fala do de fake news e censura......

E ASSIM que o gato morreu escaldado, a calor lento.... Assim vai morrendo a liberdade e informacao.

Anónimo disse...

Este Augie P. é um pândego.

Incomoda-o um corpo de supervisão indicado pela Assembleia, forma de representação da comunidade que uns tolos em tempos acharam ser a mais democrática, liberal e capaz de representar o grosso das sensibilidades de um país. Descobre Augie P. que as assembleias eleitas pelo povo são antidemocráticas.


Se calhar preferia supervisão indicada por patrões com dinheiro para mandarem os jornalistas cantarem ou por outro qualquer modo de controlo bang-bang.

Augie Cardoso, Plymouth, Conn. disse...

Ao anonimo. 9:17,
E melhor ser pandego, em terra livre individual, que ser informado pelos politicos da terra.
A Pravda tambem era ou e livre e depende do governo, ... O Salazar tambem tinha informacao livre e sem censura.....
Sobre disciplina professional, as sociedades de nei heirs, medicos, etc.,..... Costumam fazer bom trabalho.

Joaquim de Freitas disse...

Terra tão livre "individual" (e colectiva?) os USA de Augie Cardoso, que a informação consegue mesmo fazer a publicidade das suásticas e dos bandos armados do KKK, unidos sob a bandeira do racismo, a cruz de madeira em fogo, armados até aos dentes.

Terra tão livre que é difícil de distinguir a diferença entre os dois partidos de governo que tomam alternativamente o poder.

Só existe um tema que os divide:- o sexo. Assim existe um partido anti aborto, capaz mesmo de assassinar os médicos ginecólogos à saída dos hospitais, homofóbico, anti tudo o que é liberdade sexual. Muito sensível aos “gurus” evangelistas que aconselham o presidente antes de invadir um país que possui jazigos de petróleo…

O outro partido, exactamente idêntico ao primeiro, excepto nos “affairs” sexuais, mas capaz de transformar a Casa Branca em lupanar…