sábado, 22 de outubro de 2011

Secretos

No Ministério dos Negócios Estrangeiros, as telegramas qualificados de "secretos" têm, como é natural, uma distribuição muito limitada, que segue a regra britânica do "need to know".

Não há muito tempo, procurei saber se um determinado colega, em Lisboa, tinha lido um "secreto" que eu tinha enviado dias antes. Cuidando em não falar pelo telefone da substância do texto - o que infringiria as chamadas "regras de cifra" - eu queria ter a certeza de que o telegrama lhe chegara, porque sabia que o assunto, por razões que não vêm ao caso, lhe interessava. Recordo que foi um pouco difícil contactá-lo, tendo a minha secretária apurado que só era possível encontrá-lo em casa. Estranhei, mas foi isso o que foi feito.

- Olha lá! Viste um "secreto" que há dois dias mandei para aí?

Resposta pronta:

- Ó homem! Então não sabes que eu já estou aposentado? Para mim, agora, secretos só de porco...

11 comentários:

Helena Sacadura Cabral disse...

Ai Senhor Embaixador, como me tem ajudado a "perceber" a Família. E a fazer figura!
Do irmão ao filho tenho impressionado pelos conhecimentos revelados...

Isabel Seixas disse...

Interessante, mas há mais secretos, estes da movida Madrilena...e não só decerto.

http://www.youtube.com/watch?v=lDTuTqsYOdQ

Lucia Luz disse...

Ah como boa brasileira fiquei curiosa: o que são secretos de porco?
Obrigada desde já pela explicação.

Isabel Seixas disse...

Secretos
são os não ditos
e os rumores aflitos
secretos são os dizeres
que te pedi para esqueceres

secretos são os afetos
já reformados sem tetos
que esmorecem sem perdão
nascidos e criados na solidão

Mônica disse...

Francisco
E quem será que recebeu o telegrama secreto?
com carinho e amizade de Monica

Julia Macias-Valet disse...

Gracias Isabel, me encanta "DEJAME" : )

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Para a Lucia Luz:

O "secreto" é uma peça de carne de porco preto que se esconde no interior do toucinho gordo, conhecido como a manta de toucinho, entre a primeira e segunda camada. É um músculo que, num animal adulto, ronda as 600 gramas, as duas peças. Vai às 700/800 gramas quando se prolonga o corte a um outro músculo vizinho, mas esse bocado é mais rijo e menos suculento.

Temos também as PRESAS DE PORCO que são peças retiradas da parte gorda da cabeça do lombo do porco que se localizam sobre a cartilagem do quarto dianteiro (mão) do porco, que é magra, bastante marmoreada, sendo uma carne de grande finura. Num bicho de 100 quilos, as duas peças da "presa" atingem o peso de um quilo/um quilo e 100 gramas, ou seja, cerca de meio quilo de carne cada.

E há ainda as PLUMAS DE PORCO que são peças de carne que se situam junto ao bico do lombo do porco na parte magra. No bico do lombo há duas peças, o lombo propriamente dito e um músculo, a "pluma", que ajuda a fazer o bico do lombo na sua parte magra. As duas "plumas" de cada porco têm um peso total de 400 gramas, ou seja, 200 gramas cada.

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro Tomaz de Melo Breyner tirou-me as palavras da boca e a chance do brilharete que, nesta casa, pretendia fazer como cozinheira.
Ooops! Mas eu não teria explicado melhor, como alentejana e beirã que sou.
Um dia, ainda aqui deixo duas receitas para secretos e plumas. Mas atenção, será tudo gastronómico!

kabuenhapodre disse...

Ao Sr. José Tomaz Mello Breyner:
Gostei muito das explicaçãozinhas anatómicas sobre secretos porcinos. Quanto às "gramas", será verde o capim do bicharoco? Apre!!!

JOAQUIM BARREIRA GONÇALVES disse...

Oh Senhor Embaixador! Não seriam melhor umas alheiras de Vila Real em vez dos "Secretos"?

Vera Amaral disse...

Comi secretos em Coimbra sem saber o que era e sem perguntar o que era. Confesso que não gostei muito. Andei vários dias a pensar nos secretos. Há dias assaltou-me a ideia que os secretos seriam os testículos do porco. Fiquei com vontade de os vomitar apesar de já os ter comido há algum tempo. O que me restou foi fazer a pesquisa e consultar o que era. Para mim foi um alívio verificar que os tintins do porco continuavam no sítio. Ufaaa!