quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ambivalências

Gostei de ver Cristiano Ronaldo arrancar um microfone a um jornalista? 

Não gostei.

Gostei de ver um microfone da CMTV ser atirado à água? 

Gostei imenso, embora achasse que aquele órgão de "informação" merecia que o sítio de depósito tivesse sido outro.

Ronaldo tem um calcanhar d'Aquiles: a sua agarotada e deseducada arrogância.

E tem um calcanhar d'aqueles, que lhe permite marcar um golo genial e criar uma alegria do tamanho de um país.

Uma coisa não vem sem a outra.

Somos assim, ambivalentes.

Eu também: gosto e não gosto.

16 comentários:

Anónimo disse...

Eu admiro imenso os "dois" calcanhares do Ronaldo! Não me parece que um funcionasse sem o outro! E então depois da "escroquice" a que tem estado sujeito! Só se não fosse filho de boa gente!

Anónimo disse...

Belo post Sr. Embaixador. Parabéns!

ignatz disse...

gosta e não gosta, opinião de empata, tipo selecção. eu gostava de saber era o preço do empate e o custo dos empatas.

Manuel do Edmundo-Filho disse...

Perfect, Sir!

Anónimo disse...

Pois eu, concordando com a quase totalidade do que dizes, gostei de ver o Ronaldo atirar o microfone fone a água. Para além de todas as razões que tem sobre aquele jornalista em particular, quem pergunta a um jogador profissional se está preparado para um jogo daí a umas horas e o que merece, antes de ser despedido.
Fernando Neves

Anónimo disse...

Pois eu não sou ambivalente quanto ao seu post: gosto e gosto.

Gostei e sorri.

egr disse...

"acto cívico" de Ronaldo chamou~lhe Ferreira Fernandes na sua crónica do DN.
cá por mim concordo.
aliás as reacções desses nossos magníficos escreventes, que constituem a maioria dos jornalistas, provam-no exuberantemente.
Ah como eles se sentiram ofendidos e gritam em defesa da liberdade de expressão!
Deixa-me comovido sobretudo quando penso nesses exemplos do CM e afins.

CORREIA DA SILVA disse...

Fernando Neves, gostou de ver Cristiano Ronaldo enviar o microfone para o lago?
Sendo assim, registe o meu repúdio, perante o seu comentário .




CORREIA DA SILVA disse...

O que eu gostava, era ver o CR7 (será modelo de automóvel ? ), arrancar una AK47, a um delinquente "combatente"do autoproclamado"estado islãmico", e enviar a arma, e o dito, para o inferno.












Renato disse...

ignatz, a maioria das pessoas, ao contrário de si, não funciona em modo binário. Felizmente, por enquanto, ainda há pessoas que vêm o mundo como ele é: complexo e contraditório.

Renato disse...

Correia da Silva, você, quando regressar da Síria, é que poderia dar instrução militar ao Cristiano.

Anónimo disse...

Com todos os defeitos , a CMTV não vive de dinheiro dos contribuintes nem dos "yesmen" rosa.
Emtindo algum mau gosto de certas notícias em directo,possui no entanto a verticalidade de informar sobre factos/situações escamoteados ou camuflados das actividades de certos passarões que vivem sem prestar contas ao país.

Certos jornais, aí concordo consigo, também deviam ser utilizados para fins mais higiénicos e respectiva reciclagem.



Anónimo disse...

Texto mais que perfeito! Gostar ou não gostar...
Do que temos a certeza é que esses jornais e televisões não comentam as declarações do treinador da Islândia antes do jogo com Portugal. E dizem os funcionários desses órgãos de informação, que "fazem o seu trabalho"!

Anónimo disse...

Em vez de ser um bem, demonstrou desequilíbrio,isso denota que está no limite de tudo posso, pois sou o melhor. Lembre-se C.R. que tudo passa, até a uva passa.

Fernando Correia de Oliveira disse...

magnífica prosa, magníficos calcanhares

Mal por Mal disse...

Mas que jornalistas tão esdrúxulos! Em vez de perguntar ao Ronaldo como "estava o tempo", só para meter conversa, ou então perguntar-lhe se a familia estava bem, foi-lhe perguntar pela bola!