segunda-feira, 24 de março de 2014

José Sócrates na TV

Só há pouco vi a entrevista feita a José Sócrates por José Rodrigues dos Santos, que altera de forma muito substancial o modelo plácido e de mero "compère" que vinha sendo utilizado pela sua parceira habitual de programa - modelo esse, aliás, similar àquele que é utilizado para os espaços de intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa, de Marques Mendes, de Morais Sarmento, de António Vitorino, de Manuela Fereira Leite, de Augusto Santos Silva, de Francisco Louçã ou de Bagão Felix.

Acho que a RTP merece ser felicitada pela introdução do contraditório na conversa, que a torna muito mais animada, mais viva, mas também mais exigente para o entrevistado e interessante para o espetador. É claro que alguns dirão que aquele espaço não é, em rigor, um espaço de entrevista, mas um mero contraponto para um comentário político, pelo que a fixação da agenda discursiva é da responsabilidade essencial do titular do programa. Pode ser que assim seja, mas acho que todos têm a ganhar muito mais com o prosseguimento deste modelo. Desde logo, o jornalismo, que está praticamente ausente dos outros momentos de comentário. E, depois, o próprio José Sócrates, que é estimulado a prestações mais afirmativas e menos complacentes com a sua "narrativa", o que lhe oferece uma oportunidade para mostrar o seu espírito combativo.

Resta-me uma dúvida: como vão passar as ser as "conversas" com Morais Sarmento, que a RTP "inventou" para equilibrar politicamente a contestada presença de Sócrates? E será que os outros interlocutores televisivos de políticos "na reserva" vão aprender com a excelente lição dada por Rodrigues dos Santos?

Em tempo: tinha-me "esquecido" que, neste país de "prós e contras", o tema Sócrates é um catalizador de comentários contrastantes, como o Acordo Ortográfico, as touradas ou a República.

21 comentários:

Anónimo disse...

Comentários paraquê ?...

Assim vai a Televisão "pública"...

Alexandre

Anónimo disse...

Brilhante e muito diplomática a forma como coloca a questão da utilização do estilo agressivo/jornalístico com o José Sócrates e de teleponto com os restantes opinadores.

Anónimo disse...

Concordo, em parte. O convidado deveria ter conhecimento antecipado do modelo e formato da entrevista a que iria estar sujeito. Apanhado de surpresa, como parece ter sido, não é, em rigor, "uma excelente lição".

Anónimo disse...

O Embaixador não dá o tiro, mas mata o orelhas com o sopro da bala do vizinho.Isto é ironia que se farta, e da boa.

Anónimo disse...

Isto de ser diplomata tem as suas coisas, mas achar que o "grande" JRS deu uma "excelente lição" é um pouco ousado.

opjj disse...

Só vi os últimos minutos. Vi José Sócrates mais nervoso que o habitual mas nada indiciava tão grande fervor nos média.
Tentei ver num blogue mas a RTP bloqueou o acesso.
Vai haver mais marés que marinheiros.Aguardo.
Cumps.

Anónimo disse...

O José Sócrates deu uma entrevista à RTP? O Senhor Embaixador deve andar distraído!

Portugalredecouvertes disse...


The son of god is portuguese!
depois disto nada nos pode surpreender!

Luis Moreira disse...

JRS diz na sua resposta (Banda Larga-sapoblog)que almoçou com Sócrates e o avisou que o espaço ir ser como foi. nenhuma surpresa para Sócrates.

Anónimo disse...

Vi toda a entrevista. Nunca perco.
Foi sim uma grande partida do jornalista, que quis brilhar. Se calhar, ainda a lembrar-se do tempo do Dr.Almerindo. Continua, muita gente, a abominar o homem! As alternativas é que foram "porreiras". Apesar das rasteiras surpresa, acho que chegou para as encomendas. Deem-lhe os temas previamente, como fazem com os outros comentadores para o homem vir preparado. Isso é que é honesto.Mas ficou bem à vista de toda a gente qual era a intenção.

Anónimo disse...

tás mesmo preocupado com o Morais Sarmento...como se tivesse sido ele a chamar a troika. O que te preocupa foi que ontem o povo portugues, ou parte dele viu a verdade nua e crua. O animal feroz não vinha preparado para ouvir a verdade. Ele gosta mais da mentir.

Anónimo disse...

"Falem dele é o que ele quer"

Vox Populi

Anónimo disse...

Quando se entra em campo para jogar futebol e se depara com futebol"americano",o mínimo exigível e ter sido avisado,pra trazer o capacete....JvJ

Isabel Seixas disse...

O Tudo e todos que são considerados deveras importantes e mediáticos adquiriram esse estatuto à base da capacidade de conceber e gerar grandes apoios e grandes controvérsias...

Anónimo disse...

Sr.embaixador, pf nao se esqueca de se perguntar como passara a ser este programa, supostamente de opiniao. Entrevistas semanais? E os espectadores, nao deveriam ter sido previamente informados da alteracao de formatos? Para mim, foi uma desonestidade q fizeram a JS. Cts.

Anónimo disse...

E o link? O link, senhores, que não consigo ver o vídeo em lado algum!

disse...

Estão bem um para o outro. Nada nos salva desta porra triste...

Anónimo disse...

para o/a anónimo/a das 07:35, aí vai um link:

www.corporacoes.blogspot.pt

Anónimo disse...

Ó Seixas quem não te conhecer que te compre. O teu socratismo é muito claro

Anónimo disse...

Jose Gomes Ferreira teria feito melhor entrevista ao pai da 3a bancarrota. veriam um animal feroz em debandada.
ele que se atreva...

Jose Martins disse...

Senhor Embaixador,
Eu também vi e ouvi o Sócrates, em Banguecoque, a ser entrevistado pelo José Rodrigues dos Santos... O Sócrates é um "artista" de mérito e venha o primeiro jornalista/entrevistador que consiga levar-lhe a melhor! O Sócrates faz-me lembrar aqueles tipos que vi de quando marçano, na Cordoria e na Cancela Velha, no Porto, a vender a pomada santa de jiboia que curava todos os males.
Cada nação tem os sócrates que merece!
Cordialmente
José Martins