sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Madeira

É um gesto de grande simpatia, para com Portugal e a nossa comunidade em França, aquele que foi anunciado pelo cardeal André Vingt-Trois, arcebispo de Paris, ao promover, na catedral de Notre-Dame, pelas 18.30 horas de domingo, dia 28 de Fevereiro, uma missa pelas vítimas da tragédia da Madeira.
 

5 comentários:

Helena Sacadura Cabral disse...

É de facto um gesto significativo, porque não esquece aqueles que ajudaram a rejuvenescer a pirâmede etária francesa e também todos os luso descendentes que aí escolheram ficar sem, contudo, esquecerem a terra dos seus antepassados!

Julia Macias-Valet disse...

É preciso nao esquecer que a comunidade catolica portuguesa é muita activa em França.
Na igreja do bairro onde vivo (Auteuil-Paris XVI) é celebrada, todos os domingos, missa em português. Um grupo muito empenhado de portugueses ajuda a preparar todos os que queiram receber os sacramentos em lingua portuguesa.
A Igreja francesa sabe que tem na comunidade portuguesa uma aliada de força e profundamente crente.

Farei todo o possivel para estar presente no domingo em Notre-Dame.

Guilherme disse...

Por força das circunstâncias, ainda há pouco, éramos todos Haitianos. Por circunstâncias semelhantes, hoje somos todos Madeirenses. É na simetria das mãos que está a força de união do abraço. Pena é que o lado bom da generalidade se manifeste apenas nestes momentos. Ou que sejam precisos estes momentos para mostrar que no Homem ainda reside um pouco de ser Humano.
Um abraço e bom fim de semana

Helena Oneto disse...

A magnífica Notre Dame estava cheia. A missa e a homenagem às vitímas da Madeira e do Chile foi sóbria.

Na noite de ontem para hoje, a tempestade que assolou a costa ocidental francêsa fez varias vitimas também.

Pouco ou nada resiste à fúria da natureza!

Julia Macias-Valet disse...

Mais uma vez a RTP meteu uma ARGOLADA.
O enviado especial que veio a Paris fazer a reportagem do acontecimento decidiu informar os telespectadores (Telejornal das 20H) que a missa foi dita por Joao XXIII. : ((
Sera que alguém podera dizer ao senhor jornalista que Joao XXIII foi um Papa e que coitado ja esta nos anjinhos desde o dia 3 de Junho de 1963.

PS - So sei a data porque nesse dia nasceu um dos meus irmaos...

PS 2 - Ah ! ja agora... se alguém conhece o sr. jornalista digam-lhe também que houve outro Papa Joao XXIII (o anti-papa) que foi destituido 5 anos depois de ter sido escolhido.
Mas... Bom isso agora nao interessa para o caso...Porque se o sr. jornalista nao sabe fazer a diferença entre André Vingt-Trois (sera que ele pensa que é o 23° cardeal de Paris ? Por favor expliquem-lhe que é apenas o apelido do pobre senhor) muito menos sabera da existência deste Papa no século XV.

Como é que o Senhor Embaixador quer que se façam bons Titulos ? Se eles nao trabalham os conteudos...
Haja Deus !