quinta-feira, 26 de maio de 2011

A política e o ridículo

Tendo em atenção o facto das canções em flamengo não constituirem uma base musical que possa comparar-se à produção existente em língua francesa, nomeadamente em termos de popularidade, o metro de Bruxelas tomou a sábia decisão de passar a colocar no ar, como música ambiente, apenas canções em inglês. O objetivo é preservar o equilíbrio a que o estrito biliguismo franco-flamengo (duvido mesmo que seja legal usar este termo) obriga.

Quase que dá vontade de pedir uma "chance" para o esperanto. Mas "chance" é francês, cuidado.

7 comentários:

Helena Sacadura Cabral disse...

Senhor Embaixador
E porque não OPORTUNIDADE que é um termo aqui tão em voga agora?!

catinga disse...

É gente que luta pelo que é seu. Há que respeitar.

Cá pelo retângulo (acabo de ver as notícias da manhã), acho que devíamos aplicar uma lei de proteção ao... Português, sempre que haja notícias de futebol. É que os jogadores do Benfica só falam Castelhano; os do Porto, idem; os do Sporting, cada vez mais. E se não são os que cá estão, então, são os que estão para vir (mais uma fornada de colombianos). E se não são os jogadores, é o Mourinho. E se não é o Mourinho, são notícias relacionadas com o Mourinho. Ou o Ronaldo... E se não é nenhum destes, então, é o Barcelona. E se absolutamente nenhuma destas personagens estiver disponível, ainda nos sobra o Fábio Coentrão e os jornalistas espanhóis que o seguem e que também vão às conferências de imprensa da Seleção.

Credo!

José Barros disse...

Valha-nos Brel, também ele de origem “Flamand” e não se cansava de cantar em francês.
A propósito de política: quem é que agora toma aquelas decisões se a Bélgica vive sem governo há cerca de ano!

Francisco Seixas da Costa disse...

Cara Dra. Helena Sacadura Cabral: reconheço, sem dificuldade, que há cada vez mais quem queira aproveitar a "oportunidade"

Julia Macias-Valet disse...

O inglês é bom para os "aeroportos" (e pelos vistos na Belgica para o metropolitano) o esperanto para a amizade ! ; )))

Ha os que acreditam e que lutam :
http://www.esperanto-au-bac.fr/

http://www.youtube.com/watch?v=5dgM0y21-sw&feature=fvst

Peço desculpa...esta dobrado...mas nao legendado : )))

patricio branco disse...

Estou seguro que os gipsy kings são populares tambem na belgica, alem de que cantam na lingua que lhes pedirmos.

Helena Sacadura Cabral disse...

Senhor Embaixador
Tem toda a razão. Mas que fazer perante tantas oportunidades que "nos oferecem", senão deitar-lhes a mão?!