sexta-feira, 2 de maio de 2014

Ana Sousa Dias

Por onde anda Ana Sousa Dias? Que é feito de uma das mais cultas e capazes jornalistas televisivas, que no seu programa "Por Outro Lado" fez um fascinante inventário falado do país, com algumas magníficas conversas, que valeria a pena estarem disponíveis em video, como testemunho vivo de uma geração portuguesa? 

Ao final da noite de ontem, na RTP Memória, assisti a um interessante diálogo com Jorge Sampaio, em 2004, com uma serena condução de conversa que constitui a prova provada de que a inteligência, quando posta ao serviço da informação e da cultura, se substitui com larga vantagem à agressividade inquisitiva e à busca pispineta da polémica e da graçola fácil.

Repito: por onde anda Ana Sousa Dias?

11 comentários:

Anónimo disse...

Com muito agrado, depois de ter visto a mesma entrevista há pouco na RTP memória, vim dar, via google, com esta entrada de blog.

Todo o material de arquivo da RTP é precioso e deve aos poucos ser disponibilizado online, como o têm feito. Mas até lá, bem que poderiamos fazer força para que, mesmo contra a evidente vontade da SIC e TVI, o excelente trabalho da RTP Memória chegasse em sinal aberto a toda a população.

Quanto à Ana Sousa Dias, subscrevo. As entrevistas dela são sempre de um bom gosto, inteligência, delicadeza e respeito dignos de louvor. Talvez por isso não a vejamos mais frequentemente.

Esperemos que não ande por longe.

Cumprimentos,
CL

zpf disse...

Caro Embaixador,
Por onde anda a Ana Sousa Dias neste momento, não lhe sei dizer. Posso é garantir-lhe que no dia 22 de Abril esteve em Cascais numa interessantíssima conversa com o Prof. Adriano Moreira, por sinal a última das "Conversas da III República", uma iniciativa da Fundação D. Luís destinada a assinalar os 40 anos de Democracia e que devia ter contado também com a presença do José Medeiros Ferreira.
ZPF

Helena Sacadura Cabral disse...

Dou-lhe toda a razão.
Ana Sousa Dias e Paula Moura Pinheiro eram duas excelentes entrevistadoras, cultas, inteligentes e bonitas.
A RTP dispensou uma e a outra não apareceu mais...

patricio branco disse...

vi um pouco da entrevista de 2004 retransmitida ontem com jorge sampaio, era uma boa entrevistadora, mas estes ciclos de activo/reserva7 desaparecimento existem em outros casos, há as estrelas boas ou más que dominam, os profissionais bons que não dominam, etc
entrevistar é uma arte

São disse...

Ana Sousa Dias tem um estilo muito próprio , que me agrada muitissimo.

Do que li recentemente , é free-lancer, desconheço se por opção ou não.

Mas também gostaria imenso de a ver com regularidade numa qualquer estação televisiva.

Parece , no entanto, que actualmente só há cabimento para criaturas com a agressividade de Judite de Sousa e João César das Neves, infelizmente.

Bom domingo.

Pedro Lemos disse...

É de se ver que o Sr. Embaixador é do tempo do telefone sem fio. Ela está lá, no Facebook!

Francisco Seixas da Costa disse...

À bon entendeur: o que eu quis significar com o post foi a minha estranheza pela desaparição da televisão de uma brilhante jornalista.

Pedro Lemos disse...

Oops, desculpe-me, a sutileza passou-me desapercebida. Aqui no Brasil há bons programas de entrevistas 'de conteúdo', de regra na TV paga: agora mesmo foi ao ar a conversa de Roberto d'Ávila com o vosso Mario Soares. A TV aberta aqui também privilegia os programas de entrevista 'de entretenimento' que gozam dos mesmos adjetivos das vossas!

Ana Filgueiras disse...

Caro Embaixador e autor deste Blog que sigo.Sou suspeita para falar da Ana Sousa Dias pois fui premiada por me ter entrevistado nesse belo programa.Muitas vezes pensava: para alem das evidentes qualidades de jornalista tem uma beleza doce e dava sempre aqueles belos presentes.Eu pensava para meus botões: se lá fosse dava-lhe eu um presente.Leveu um belo livro de Luis Veiga Leitao - tão ignorado!!- mas naquele dia a Ana já n~ºao dava livros e eu não dei ao vivo porque ficou no carro.Foi pena porque sempre lhe tinha querido dar um presente.Dei mas depois da entrevista...Ela anda por aí concerteza a fazer o que gosta!

nosmoking disse...

Lembro-me de Ana ainda muito jovem, a descansar dos estudos, sei lá, na Praça Dr. Délio Santarém,Santo Tirso, praça esta victima também da Abrilada com a qual nada tem a ver...Tal como a PONTE SALAZAR !
Era e é uma beleza distinta... de Senhora.

ausenda coimbra disse...

Encontrei a Ana Sousa Dias na RTP Memória e foi uma agradável surpresa... Tinha os canais pagos há pouco tempo. Uma vez que a RTP é paga por todos nós, acho também que deveria ser sinal aberto para que os que pagam possam usufruir disso e não só alguns.

A Ana Sousa Dias é uma pérola no meio de muito lixo que anda por aí. Em Portugal só comparo a Ana com a Maria Flor Pedroso, também uma Senhora. Falam no momento e no tempo certo, sem atropelamentos ou interrupções dos entrevistados, sem falar ao mesmo tempo que o entrevistado. Enfim, verdadeiras profissionais. Em Espanha conheço o Jesus Quintero, um caso à parte também.

Felicidades para a Ana e a Maria Flor.