segunda-feira, 26 de abril de 2010

Valores

Acabo de ler que a bandeira e o hino nacionais estão entre os valores que os alunos portugueses devem conhecer e respeitar, de acordo com nova legislação publicada. A surpresa é que, aparentemente, não era assim...

Só espero que, com alguns ex-alunos "feitos" professores nos últimos anos, formados numa cultura laxista e dispicente face aos valores nacionais, ainda se vá a tempo de garantir um certo rigor de aplicação desta lei. 

É que me interrogo, muito seriamente, sobre se todos os professores portugueses conhecem o nosso hino nacional.

10 comentários:

Helena Oneto disse...

Ontem, na Assembleia da República, poucos foram os que acompanharam o Coro da Gulbenkian a cantar o Hino nacional.
Talvez seja porque os mais velhos já o esqueceram e os mais novos, coitados, ainda não o aprenderam...

Helena Sacadura Cabral disse...

Não tenha dúvidas...Já os ouvi inventar!
É pena porque há símbolos que vale a pena respeitarmos.

Anónimo disse...

Muitas delas não conhecem, pode crer, de acordo com amigas que exercem a profissão. E é entre as mais novas que tal se verifica, devido, talvez, ao tal laxismo. Lamentável.
P.Rufino

Nuno Sotto Mayor Ferrao disse...

Excelentíssimo Senhor Embaixador Francisco Seixas da Costa,

Concordo que há muito desconhecimento dos símbolos nacionais, mas também já temos bons Museus que podem fazer colmatar essa lacuna aos professores desconhecedores dos símbolos nacionais e, em particular, da evolução do hino "A Portuguesa" de Henrique Lopes de Mendonça da sua versão de marcha Republicana em hino nacional tal como o conhecemos. Na verdade, o Museu República e Resistência, o Museu da Presidência da República e a Exposição temporária da Fundação Mário Soares dão a toda comunidade portuguesa bons ensinamentos a professores, a alunos, a leigos, etc.

Além de que o Mundial da África do Sul dá uma nova boa oportunidade para fazer acordar o sentimento nacional e fazer cantar o país...

Saudações cordiais, Nuno Sotto Mayor Ferrão
www.cronicasdoprofessorferrao.blogs.sapo.pt

Julia Macias-Valet disse...

A Portuguesa foi designada como um dos símbolos nacionais de Portugal na constituição de 1976, constando no artigo 11.°, n.º 2, da Constituição da República Portuguesa (Símbolos nacionais e língua oficial):
"2. O Hino Nacional é A Portuguesa."

O hino é composto por três partes, cada uma delas com duas quadras (estrofes de quatro versos), seguidas do refrão, uma quintilha (estrofe de cinco versos). É de salientar que, das três partes do hino, apenas a primeira parte é usada em cerimónias oficiais, sendo as outras duas partes praticamente desconhecidas.

Data: 1890 (com alterações de 1957)
Letra: Henrique Lopes de Mendonça
Música: Alfredo Keil
I
Heróis do mar, nobre povo,
Nação valente, imortal,
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória,
Ó Pátria sente-se a voz
Dos teus egrégios avós,
Que há-de guiar-te à vitória!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

II
Desfralda a grandiosa bandeira
À luz viva do teu céu!
Brade a Europa à terra inteira:
Portugal não pereceu
Beija o solo teu jucundo
O oceano, a rugir d'amor,
E o teu braço vencedor
Deu mundos novos ao Mundo!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

III
Saudai o Sol que desponta
Sobre um ridente porvir;
Seja o eco de uma afronta
O sinal do ressurgir.
Raios dessa aurora forte
São como beijos de mãe,
Que nos guardam, nos sustêm,
Contra as injúrias da sorte.

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Ás armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

--------------------------------------

Aqui deixo a minha modesta participaçao a este post. Os que queiram ter informaçoes mais aprofundadas também podem consultar :
http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Portuguesa

Por ultimo, fica a opçao para os preguiçosos, adoptarem o sistema do hino espanhol : So musica ( mas é pena ...)

Anónimo disse...

Talvez que a Bandeira Nacional fosse mais respeitada se, nas cerimónias de inauguração, não fosse usada, e tratada, como mera cortina da placa a descobrir.

Guilherme Sanches disse...

Havia de haver mais campeonatos do mundo... de Rugby, para "ouver" os lobos cantar o nosso Hino!

Santiago Macias disse...

Tive a triste ideia de perguntar, numa das minhas turmas numa universidade, quem tinham sido Alfredo Keil e Henrique Lopes de Mendonça. Arrependi-me de imediato e jurei a mim mesmo não repetir a gracinha...

Anónimo disse...

Pois subscrevo tudo...
E seguindo o exemplo da Julia, vou já propor nos órgãos da instituição onde exerço funções esta reciclagem.

Aliás se me permitem vou sugerir que em vez de algumas canções de gosto duvidoso podiam nas praxes académicas incluir a memorização de canções com poemas lindos(Eu sei, do meu ponto de vista, claro que concordo que se discorde)

A propósito, já me vejo aflita para trautear com fluência as quadras restantes... é difícil manter a afinação no tom... Mesmo falta de treino.
Obrigada também sr. Embaixador e Júlia.
Isabel Seixas

Sardanisca disse...

Toda a gente conhece o hino e a bandeira nacionais.
Euro 2004,lembra-se?

Quanto à sua surpresa,admiro o facto de a não ter em relação ao respeito pelo Professor.

Aparentemente,antes era assim...