domingo, 8 de fevereiro de 2015

Campo de Ourique


Tenho um fascínio assumido pelo bairro lisboeta de Campo de Ourique. Aprecio a sua cultura de bairro, as lojas paradas no tempo, a planura que permite passear, os cafés e até os poucos espaços livreiros. Só detesto o tráfego e a concomitante dificuldade de estacionamento.
 
Come-se bem - e também assim-assim - em Campo de Ourique. Fiz um pequeno guia gastronómico do bairro, com restaurantes de diferente qualidade e preço. É claro que esta é apenas a minha opinião. Ela aqui fica.

6 comentários:

Anónimo disse...

Boas dicas. Uma sugestão, para o "Ponto Come": o restaurante, em Linda-a-Velha, o "Alma Lusa",um agradável local, onde se come uma muito bem confecionada gastronomia portuguesa, como o bife barrosão, o polvo, um delicioso arroz de coentros, enfim e muitos outros petiscos. Com toalha de pano, um chefe de mesa simpatiquíssimo, um ambiente agradável, uma sala de tamanho q.b. Convém, talvez, reservar, mas não é obrigatório.

Anónimo disse...

Também se detestam os «presentinhos dos Lulus» que os donos pouco civilizados deixam nos passeios a enfeitar os mesmos!
Fernanda

Anónimo disse...

Como o Senhor Embaixador estava com gripe, dignou-se o Senhor Alcipe convidar-me a mim e a minha Lizette para jantar. Claro que com o pobre Feliciano, nunca Vexa se dignaria conviver!... Classismos. Bom, de modo que comemos no Tico Tico (Av Rio de Janeiro, frente à Igreja São Joao de Brito) uma lampreia a bordalesa que estava "divina" como diria o Eca, ou "bue de boa" como diria o Camões. Cuide-se, Senhor Embaixador, e aceite os cumprimentos do

a) Feliciano da Mata, gastrônomo do Norte do Kwanza

Mônica disse...

Francisco.
Ate hoje não consegui ir na sua cidade mineira preferida pra comprar sua lembrancinha. E também estou em falta de te contar que minhas irmãs foram na Italia e no caminho pararam em Portugal e compraram uma revista portuguesa que falava de você!
fiquei toda feliz com o presente!
Uma hora eu mostro a reportagem pra todos os meus pequemos amigos daqui que me visitam.
Ando com dificuldade pra vim aqui. Demora muito pra entrar. Enquanto no face é um segundo.
com muito carinho
sua eterna amiga mineira
com carinho Monica

patricio branco disse...

Pouco conheço do que existe actualmente no domínio da restauração e gastronomia nesse simpático e característico bairro. Ainda haverá restaurantes de cozinha indiana e goesa?

Anónimo disse...

Sei que gosta de bifes, mas não ignore o balcão do acanhado Bitoque, para os mais desverbalizados.