sábado, 10 de julho de 2010

Pausa (1)

5 comentários:

Helena Oneto disse...

Boas férias!

Anónimo disse...

Pausa

Como direito!?
Como dever!?

Tomar fôlego

A própria descompressão de Nós
A prova provada do exercício mutuo de poder do conceito elementar socialmente aceite do "útil" a sua dimensão trabalho, confinado ao exercício no tempo abolindo-nos sem contemplações se não regressarmos no prazo .

Como se fossemos mesmo livres... Não tão só a liberdade condicional...

Mas...
Há quem aguarde...Para poder fazer pausa no desemprego nem que seja só um mês.

Como anseio também a pausa
De qualquer forma boas férias
Mas, não vai haver necessidade de encostar a porta ...Está um calor
Isabel Seixas

Anónimo disse...

Votos de que tenha uma Boas e excelentes Férias!

Por cá, ficamos, calma e serenamente, a aguardar pela "rentrée" de "duas ou três coisas"!

Faça o favor de descançar e de se divertir!

Forte abraço!

Paulo M. A. Martins

Helena Sacadura Cabral disse...

Férias merecidas, Embaixador! Oxalá não se canse, porque hoje nada é adquirido. Nem as férias...

Nuno Sotto Mayor Ferrao disse...

Os meus sentimentos pela perda, caríssimo Embaixador Francisco Seixas da Costa.

Cordialmente, Nuno Sotto Mayor Ferrão