quarta-feira, 12 de julho de 2017

Peixe frito, claro!


Correspondendo a um pedido expresso de dois amigos estrangeiros, um anfitrião luso organizou hoje, no seu terraço, um almoço de peixe frito! "Peixe frito"?!, já estou a imaginar a reação espantada de alguns "finaços". Isso mesmo! Peixe frito! Magnífico! Depois de uns queijos para "fazer boquinha" (um serra amanteigado, um meio curado e um curado a sério), acompanhados por um espumante da zona do vinho verde, passámos ao essencial. Antecedido de uma sopa de couve flor (o toque das natas e o caviar fizeram a diferença), abrimos com uns carapaus fritos, seguidos de pescadinhas de rabo na boca, de se lhes tirar o chapéu! Tudo com um belo arroz de tomate, "à maneira". A acompanhar, claro um Alvarinho. Fechámos, bem "ao de leve", com uma mousse divina, morangos e umas cerejas da Gardunha, "para desenjoar", como se diz na minha terra. Não fosse, contudo, o aparelho digestivo ressentir-se, o anfitrião proporcionou, com o café, um digestivo: uma aguardente caseira, minhota. Eu, que já não tenho fígado para essas aventuras, fiquei-me num "Jameson", p'ró novo. E bela conversa! Há almoços que valem a pena!

6 comentários:

Pedro Vendas disse...

Exmo. Senhor,

Não posso deixar de o felicitar pelo post do peixe frito, de que gosto muito, do peixe frito, mas também do seu blog.

Recomendo vivamente que, quando for a Viana do Castelo, o que penso, pela leitura do seu blog, não ser improvável, que vá ao Manel, agora ao pé da biblioteca, onde se servem umas belíssimas marmotas fritas com arroz branco. Já agora os rojões também são bastante bons.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Ja vejo a razão de ser do post anterior sobre a presença de Trump em Hamburgo....

Vossa excelência não consegue deixar de pensar em comida!...

Imagino um "agente estrangeiro" com uma lista dos petiscos que mais facilmente o fariam desviar de curso......

o problema é que papas de sarrabulho e afins devem ser coisas com um ar assustador para um sueco ou russo ou coisa assim...


cumprimentos

Portugalredecouvertes disse...


Então o "fish and chips" poderia ter origem nessa região, Sr. Embaixador ?!
Senão foi esse, seria o "fish and rice "!
bom dia para si
Angela

Luís Lavoura disse...

Já disse ao Francisco que, se não tem fígado para álcoois, se deve ficar pela aguardente vínica. Uísque é que não, Francisco! Nem bagaceira!

Luís Lavoura disse...

Ainda há poucos dias comi na Suíça, junto ao lago de Thun, um jantar precisamente de peixe (do lago) frito, que estava absolutamente delicioso. Pode ser pouco convencional em Portugal, mas na Suíça é um pitéu!

Anónimo disse...

Comer peixe frito espanta os finaços? O senhor embaixador, que vem lá de Vila Real, não está a habituado a estas coisas. É chiquérrimo no beau monde, seja na Quinta da Marinha, seja na Feira da Golegã. Claro que tem de ser acompanhado de outras coisas, seja o caviar, como foi o caso, seja um daqueles casacos de country gentleman que custam uma pipa de massa. Portanto, senhor Embaixador, foi tudo de rigueur.