terça-feira, 4 de abril de 2017

"Clube de Lisboa"


Ao final da tarde de ontem, numa bela sala da Câmara Municipal de Lisboa, foram eleitos os primeiros Corpos Gerentes do "Clube de Lisboa", numa Assembleia Geral para a qual foram convocados os seus 100 sócios fundadores. O Clube, uma organização sem fins lucrativos, terá a seu cargo a organização futura das Conferências de Lisboa, um evento bienal de reflexão sobre temas internacionais, de que houve já duas edições. (Saiba aqui mais sobre as Conferências de Lisboa) 

Com a criação do "Clube de Lisboa", pretende-se não apenas dar continuidade às Conferências mas, igualmente, lançar um programa com outras iniciativas que permitam colocar Lisboa no centro da reflexão internacional sobre diversas temáticas de natureza global. Integram o Clube personalidades de diversos setores ligados às relações externas, ficando futuramente a porta aberta para a adesão de muitas outras pessoas que operam no mesmo âmbito.

Dentro em breve, o Conselho Diretivo do Clube - presidido por Luis Amado, de que faço parte com Marina Costa Lobo, Alberto Laplaine Guimarães, Fernando Jorge Cardoso, Hélder de Oliveira, Luis Pais Antunes, Mónica Ferro e Raquel Vaz Pinto - vai apresentar o seu plano de atividades.

3 comentários:

Anónimo disse...

Não está em grande companhia, convenhamos, mas se isto é representativo de Portugal é indicador de que se não pode fazer carreira fora dos círculos pré-determinados do costume do poder...

Anónimo disse...

Só o facto de ser presidido por Luís Amado afasta qualquer interessado! Um grupo que é um "número"!

Anónimo disse...

Senhor embaixador
Mais valia só…
JC