segunda-feira, 6 de março de 2017

Registo de interesses

Sou sportinguista, com imenso orgulho em sê-lo e sem que a minha afetividade clubista seja minimamente afetada pelos resultados do clube no futebol. Era só o que faltava!

Serve isto para deixar claro que, respeitando embora a decisão dos sócios em manter à frente do clube o atual presidente, que reconheço que fez alguma obra no equilíbrio financeiro, não me revejo minimamente no estilo e na forma da sua liderança. 

O que essa figura afirmou no final das recentes eleições envergonha muitos sportinguistas, embora, aparentemente, rime bem com a javardice de muitos outros. Argumentar que é preciso mostrar uma frontalidade agressiva face aos principais adversários é colocar-se ao "nível" das insalubres lideranças e do fanatismo acéfalo de muitos apoiantes dos mesmos - e não parece que isso seja um "benchmark" recomendável para um clube como o Sporting Clube de Portugal.

Continuo a repetir o que digo há muitos anos: a prova provada da grandeza do Sporting é o facto de, nas últimas décadas, ter conseguido resistir à mediocridade de muitos dirigentes que por lá têm passado. E, uma vez mais, isso vai acontecer.

6 comentários:

Sportinguistaateu disse...

A cópia nunca tem a qualidade do original.

Há tios que não devem ter grande orgulho em sobrinhos imitadores.

Anónimo disse...

Caro Francisco,

Venha para o Benfica. Será bem recebido.

Um abraço

JPGarcia

Anónimo disse...

"Quem sai aos seus não é de genebra...", digo eu. "Bardamerda, mais os fascistas" (tio-avô do dito Bruno), "Bardamerda para todos os que não são do Sporting" (Bruno, muito pouco brunido).Eu, que sou do Benfica, vindo de quem vem, nem sequer me sinto beliscado. Espero que ele continue, por muitos e bons anos, à frente dos que o elegeram; os outros devem ter ficado envergonhados com o discurso da sua vitória. Fez-me lembrar o de Cavaco Silva na comemoração, também, de uma vitória, no CCB. Como tenho muitos amigos sportinguistas, acho que eles mereciam melhor. Ao que isto chegou!!! Depois, queixem-se, quando a pradaria pegar fogo.Com incendiários destes, não há que ir buscá-los a nenhum manicómio.

josé ricardo disse...

oh!... E eu ingenuamente a pensar que o embaixador Seixas da Costa era do Sport Clube de Vila Real!...

Isabel Seixas disse...

Bem,se concordo.
Este ano de licença sabática do Sporting pelo chaves,licença prorrogável por tempo indeterminado , espero, congratulo-me com a serenidade do nosso presidente, embora também Bruno.

Anónimo disse...

Também sou sportinguista com orgulho. Já agora já vi que se reviu mais nos presidentes da linha de cascais, Roquete, Santa, soares franco, godinho lopes, tudo uma cambada de mete nojos que quse fecharam o Sporting.Quanto ai á dama de chaves ou apoiante do chaves, deixe ir o seu abre a roda a Alvalade e talvez saia de lá com uma goleada das antigas. Sim que os de Chaves são uns abre a roda, os da capital de distrito são chamados por eles de fecha a roda, ora se em Vila Real fecham a roda, em Chaves abrem com toda a certeza a roda, ai ai e bem que gostam.