quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Lápis azul?

Foi um momento triste e revelador.

Na apresentação dos títulos das primeiras páginas dos jornais de hoje, na RTP 3, cerca da uma da manhã, a locutora, por duas vezes, iludiu deliberadamente, na análise (quase) exaustiva feita à 1a página do jornal i, o destaque que este jornal dá a uma declaração do jornalista Luís Marinho, em que este tece comentários sobre a RTP, de cujos quadros deixa agora de fazer parte.

Um gesto que deixa muito mal na fotografia a RTP.

6 comentários:

ignatz disse...

não percebo porquê tanto enxoframento com a rtp3, quando a capa do i dá mais destaque à compreensão dos cães que ao ressabiamento do marinho. mas isto sou eu, porque de lápis azuis percebe o senhor francisco.
http://jornais.sapo.pt/nacional/4089

Luís Lavoura disse...

A RTP é uma empresa que se deve reger por critérios empresariais, como as outras. Não vai dar voz a críticas que lhe são feitas. Nem a conflitos com ex-trabalhadores.

Anónimo disse...

Então é fácil! Basta mudar a atual administração criada pelo anterior Ministro Poiares Maduro...
Mais ou menos como pedir cerejas no Fundão, para sobremesa, no Natal...

Anónimo disse...

"iludiu" ou "elidiu"? (não publique)

Anónimo disse...

A RTP (e outros canais, infelizmente), tornaram-se exímios na manipulação mais descarada. Ontem, na RTP, ao traduzirem a declaração de Pablo Iglesias "votamos contra", lia-se na legenda em rodapé "sabotamos". Para bom entendedor...

Anónimo disse...

A RTP 3 perdeu qualidade, se é que alguma vez a teve. Veja-se, por exemplo,as prestações da jornalista Ana Lourenço, os convidados que ela por ali tem, ou tem de aturar, lhe são impostos. Na SIC Notícias o prgrama que dirigia, semelhante a este, era mais diversificado politicamente. O que me admira é este governo não obrigar essa famigera RTP (3 e 1) a ser mais objectiva e equilibrada, ou democrática, nas escolhas que faz, junto de quem convida para ali palrar. Mas, os "media" hoje, TVs ou jornais, estão nas mãos da Direita. Felizmente, as bnosssas cabeças, sobretudo dos 4oentas e coisa para cima conseguem distinguir a propaganda que por aí vai. Mas, muito jovem, mal preparado e pouco atento, politicamente, não. Embora, para esses jovens se abram "oportunidades" de emprego, como vir a ser um futuro deputado do PSD, veja-se esses "cursos" de Verão. Uma coisa do outro mundo! Com "professores" como a inqualificável Maria Luís Albuquerque, ou Passos Coelho, vão longe!