segunda-feira, 6 de junho de 2016

Os dez mais...


De há uns tempos a esta parte, pegou a moda nos "sites" informáticos de destacar "os dez hotéis mais luxuosos do mundo", as "vinte paisagens mais espetaculares", as "cinquenta fotografias mais belas" e coisas deste género, coloridinhas com o "photoshop" profissional.

Ainda sou do tempo de uma célebre coleção de livros, creio que dos anos 60, que apresentava os "dez maiores criminosos da história", as "dez mulheres que mudaram o mundo, os "dez maiores roubos do século" (nessa altura o BES era gente "bem") e outras coletâneas, muito à moda Reader's Digest que então estava a dar.

Confesso que encanito com estas séries informáticas, mas, claro, já dei comigo a fazer o "vêzinho" e a dizer intimamente "só me faltam dois monumentos" ou "três paisagens estonteantes".

Por um lado, elas alimentam a neo-burguesia que obsessivamente quer visitar este mundo e o outro. São os lisboetas que não conhecem os altares de São Roque mas que já foram à ilha da Páscoa. São os portuenses que nunca subiram aos Clérigos, mas já dormiram no Raffles de Singapura ou sonham com o Rambagh de Jaipur.  

Há dias, porém, decifrei o mistério do surgimento destas listas. E é tão simples! Trata-se de enganar os anunciantes desses "sites". Por cada "clic" nesses monumentos ou lugares, o "site" conta um visitante. Assim, em "oitenta qualquer coisas", ao ser cada uma delas "clicada" pelo leitor, o lugar informático conta 80 visitantes. E o anunciante acredita. É simples, é barato e dá (quando dá) milhões... 

5 comentários:

Anónimo disse...

quando sao monumentos ou ilhas paradisiacas ainda pode ser a burguesia albardada que por ainda (albardados prefiro os originais...), mas quando sao os pes mais espantosos, os tipos mais gordos, os vomitos mais coloridos e afins, tenho serias que a sua tese prevaleça...

é mais a ansia dos consumismos no mundo de hoje

o importante é a imagem, o conteudo esse é como disse, o click = visitantes = publicidade = dinheiro


a identificar: o signo, o significado e o significante

Anónimo disse...

Ó Embaixador, então não sai nenhum post sobre a ida do Paulo Portas para a Mota Engil? estou admirado, o senhor que tanto fala dele por aqui e agora nada? hum.... porque será? pois penso que seja do género; enquanto a água corre por todos, convém não alterar muito a corrente. Afinal de contas, tantos ministros e ex secretários de estado que andam agora nos privados.

Manuel do Edmundo-Filho disse...

Eu acho que o silêncio (ou mesmo o desprezo) do nosso Embaixador em relação ao comentário do anónimo (corajoso...) das 11:17 é a melhor resposta a este tipo execrável de comentários insidiosos.

Anónimo disse...

Alto que o Edmundo da boina deu sinais de vida. Já quantos comentários insidiosos vimos aqui do filho do mundo, mas só os que lhe interessam a ele edmundo da boina.

Anónimo disse...

Ó Freitas, mais um golpe no Brasil, há espera, estes podem ser presos são do PMDB. Os unicos que não podem ser presos são os guerrilherios e guerrilheiras do Araguaia, perdão os do PT.Ai Freitas Freitas, é tão bom não ter bandidos de estimação, por mim eram todos encostados no muro do Palácio do Planalto e abatidos á Ceausescu, sejam eles guerrilheiros do Pt, Tucanos do Psdb, porcaria do PMDB, por mim todo o politico bandido e corrupto era executado á Ceausescu.