sábado, 17 de outubro de 2015

Expresso

Dou hoje uma longa entrevista à Revista do jornal "Expresso", conduzida por Luisa Meireles, essencialmente centrada em política internacional e, em particular, europeia, onde abordo também a política interna portuguesa.

3 comentários:

Jaime Santos disse...

Gostei muito da sua entrevista no Expresso. Mais do que a opinião que tem sobre a situação política atual, que é bem conhecida de quem visita o seu blogue, li com particular atenção a sua análise da política internacional e da (pouca) influência que a UE tem na Crise do Médio-Oriente. E gostei igualmente do comentário, necessariamente mais curto, que fez à situação política no Brasil.

aamgvieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco Baptista disse...

Boa noite Sr. Embaixador,

Achei muito interessante a entrevista que li, reli e arquivei para memória futura. No que toca ao Médio Oriente, não é abordado um ponto que me parece crucial: o papel da indústria internacional de armamento e os seus interesses na zona. Causa subterrânea e explicativa de muitos comportamentos tíbios que passam por pura ineptidão ou debilidade dos intervenientes internacionais, mormente das potências Ocidentais. Ali e se calhar no resto do Mundo. Mas isso são assuntos quase do domínio do "oculto", absolutamente vedados aos comuns mortais.
Melhores cumprimentos e obrigado pelos excelentes momentos que me proporciona a leitura do seu blog no meu dia a dia,
Francisco Baptista