terça-feira, 1 de setembro de 2015

Sérgio Godinho


Sérgio Godinho fez 70 anos. Sem qualquer nostalgia pateta mas com um sincero reconhecimento pessoal, noto que a sua música me fez companhia serena por mais de quatro décadas. Alguns dos seus temas fazem parte da minha "playlist" íntima, interpretaram, às vezes na perfeição, sentimentos que fui tendo ao longo do tempo, das raivas às ternuras, das esperanças aos desencantos, confirmando-me que a sintonia geracional é uma realidade sem discussão. Godinho, porém, está mesmo um pouco para além disso, porque não ficou colado, como acontece com outros, a uma espécie de gueto etário. E não deu ares de ter feito um esforço especial para isso. A inteligência com que conseguiu fazer evoluir as suas palavras e melodias, dotando-as de uma contínua modernidade, nem artificial nem obsessiva, transformou-o num dos raros autores que mantêm hoje entre nós uma singular transversalidade de públicos. Sérgio Godinho tem 70 anos. Quem nos dera a todos envelhecer, e ver envelhecer aquilo que dizemos e fazemos, dessa mesma e alegre forma. Não conheço Sérgio Godinho. Se o conhecesse, dava-lhe hoje um abraço. Como se dá a um amigo.

8 comentários:

Anónimo disse...

Sérgio Godinho foi “prejudicado” por Zeca Afonso! Ele e todos os outros. Zeca Afonso fez tudo no princípio! “A fasquia ficou elevadíssima”. Tal como o BD para o mundo.
Sérgio Godinho tem a virtualidade de ser um dos que mais se aproximou!

Anónimo disse...

"Liberdade, Paz, Pão, Habitação, Saúde, Educação..."Vi-o uma única vez, foi no Largo do Rato em Lisboa, nos meados da década de 60.

Reaça disse...

Quem foi a musa inspiradora desta geração?

Desta geração de cantautotres? quem foi?

Anónimo disse...

Do seu tempo era mais António Calvário.

Graça Sampaio disse...

Fez companhia a muitos de nós ao longo dos anos. E continua...

Anónimo disse...

Sérgio Godinho não tem NADA a ver com Zeca Afonso. São estilos completamente diferentes.

Anónimo disse...

Sim, eu também, dava-lhe um abraço amigo e muitos beijos de gratidão.

Parabéns Sérgio.

Obrigada, Embaixador, por lembrar a data.

patricio branco disse...

Um cantor compositor importante mas muito datado, creio