domingo, 27 de setembro de 2015

Outro grande embuste


Desta vez, a RTP está de fora e só a SIC e a TVI estão implicadas. Trata-se dos espaços de comentário televisivo de Marcelo Rebelo de Sousa e de Marques Mendes.

É espantoso que a alegada Comissão Nacional de Eleições permita que dois comentadores avençados façam, em canal aberto, campanha eleitoral despudorada em favor da coligação de direita, "armando" em comentadores independentes, quando se percebe bem a respetiva agenda partidária e, num dos casos, com um interesse pessoal direto.

Uma outra grande burla pública, desta vez em proveito exclusivo da direita política.

29 comentários:

Anónimo disse...

E quem é a personagem da área do PS que poderia competir nas televisões com estes dois, sobretudo com Marcelo? Só vejo um, que está preso, e acima dele o maior de todos, que está de luto. Outro tem infelizmente muito que fazer em Genebra. Há também um quarto que está - e bem - a tentar trazer sírios para Portugal. Quanto a Maria de Belém e a Sampaio da Nóvoa, é óbvio que não estão à altura, até porque resolveram calar-se perante esta vergonha. Como diria Lenine, que fazer?

JPGarcia

Graça Sampaio disse...

Sempre a favor da direita a "nossa" comunicação social - senão perdem o tachinho...

(Peço desculpa comentar os comentários, mas este «anónimo» aqui acima, deve estar a brincar! «Quem é a personagem da área do PS que poderia competir com estes dois...» ??? Valha-nos Deus, com tanta ignorância e estupidez!)

Um Jeito Manso disse...

Boa, Embaixador, isso mesmo. Não basta a gente lamentar a falta de pudor e ética dos outros. Há que denunciar com todas as letras, alto e bom som. A esquerda está a ser vítima do seu idealismo, das suas boas maneiras. Os da direita trauliteira (unida umbilicalmente e dado pelo nome de PaFs) espezinha o povo com as suas mentiras e manipulações e a esquerda chora pelos cantos. O PCP e o BE ajudam à festa, elegendo como principal adversário o PS.

Por isso, daqui lhe envio o meu agradecimento e, na fraca medida das minhas possibilidades, a minha solidariedade.

josé ricardo disse...

Vivemos, de facto, (n)um tempo estranho, ou melhor, numa país cada vez mais tubular e seguidista de dois ou três diretórios comunicacionais, os quais expandem coniventemente os seus interesses. Não sei se o povo gosta ou se está atento. Resta-me, simplesmente, crer que sim, apesar do envelhecimento da população, malgrado a pobreza em que muitos idosos entraram nestes últimos quatro anos, favorecer o discurso absolutamente idiossincrático e miserável da pífia coligação Pàf.

abraço,

José Ricardo

Anónimo disse...

A CNE é outro embuste! A soldo desta extrema-direita (PSD/CDS).
É certo que o povilheu já é suposto saber pensar pela sua cabeça, mas, mesmo assim...

Anónimo disse...

Por isso mesmo é que dificilmente eu vejo esses borrabotas a comentarem. Prefiro ler crónicas e artigos de pessoas sem agenda partidária e que se estão a marinbar para os partidos assim como eu, principalmente para os comentadores do centrão.

Anónimo disse...

A crise nao é so politica, é também das ideias politicas e da vocacao, pelo menos a meu ver.
fora o bloco de esquerda, que nao é o meu partido, nao vejo uma renovacao politica em portugal com qualidade tambem intelectual. talvez me engane.
quem sao os jovens promissores do ps psd cds outros que arrivistas ou meninos da catolica e afins? o relvas lusofono?
quem sao aqueles, a quem apesar do nosso desacordo individual, avalizamos uma maneira de pensar de estar com sentido de estado etc, o alberto joao? a direita catolica conservadora parece estar desaparecida do mapa substituida por "lacaios do imperialismo" que ao primeiro abanao do banco ou da empresa gritam "ai oh estado ajuda-me, aqui del rei"

sao gente fina as nossas elites


cumprimentos


Anónimo disse...

Só queria dizer a Graça Sampaio que, se quer comentar os comentários, é melhor lê-los até ao fim. Veria que não sou anónimo.

Quanto ao resto, cada um pensa o que quiser.

JPGarcia

Anónimo disse...

Chegamos finalmente ao liberalismo de capoeira que consiste na liberdade para as galinhas e para as raposas!
Bem, devo dizer que nesta capoeira há galinhas e raposas de direita de esquerda e outras que não são de lado nenhum...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Caro Chico

... e estes gajos dizem que vivem em Democracia... Uma merda!!!

Abç do Leãozão

Anónimo disse...

Caro Embaixador,

a uma semana das eleições o desespero dos Socialistas também chegou ao seu blog.

Não havia necessidade!!

Jaime Santos disse...

Eu ainda sou capaz de compreender o motivo pelo qual as pessoas optam pela PaF, convicção ideológica ou medo em arriscar numa Alternativa nestes tempos sombrios. Agora, não entendo como alguém pode achar que um entertainer como Marcelo que, como alguém diz, faz comédia disfarçada de análise política e propaganda política disfarçada de comédia, possa sequer ser considerado um candidato viável a Belém. Num cenário (provável) de vitória da Direita, é absolutamente essencial que ainda surja uma candidatura presidencial forte à Esquerda, porque suspeito que se Marcelo ganhar, poderemos mesmo vir a ter saudades de Cavaco! Sr. Embaixador, não se quer disponibilizar?

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Senhor Embaixador

Estes dois Senhores fazem comentários semanais há anos. O Senhor Embaixador não está a sugerir que os comentários fossem interrompidos durante a campanha eleitoral pois não?

Abraço

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro José Tomaz Mello Breyner. Claro que estou. Em tempo de campanha eleitoral, seria normal que duas figuras com claro alinhamento partidário, num dos casos com agenda política pessoal muito clara, se abstivessem de comentários que são apresentados como independentes, tanto mais que ambos não escondem, de forma explícita, a sua preferência por um dos lados.

Anónimo disse...

ó caro anónimo, não ligue ao que diz a Graça Sampaio, ele ficou muito traumatizada com uma ida á Madeira.

Jaime Santos disse...

Cuidado Sr. Embaixador, que amanha o João Miguel Tavares ou o Vasco Pulido Valente escreve já uma cronica a explicar que os Socialistas são todos clones de José Sócrates, porque querem suprimir a Liberdade dos Media de fazerem Campanha pela Coligação...

Anónimo disse...

ESte Mello Breyner é inacreditável! Vejam bem o que esta extrema-direita pensa. Achava que aqueles 2 deveriam continuar a comentar!!!!!!!

Anónimo disse...

Estou em crer que a minha televisão e o meu rádio não transmitem o mesmo que a as televisões e rádio dos outros. Sempre vi e ouvi a comunicação social levar em ombros o António Costa e colocá-lo num pedestal. Era o Messias; o D. Sebastião saído da bruma perante o qual a comunicação social curvava-se numa vénia profunda, que por pouco não parte a espinha dorsal. Qualquer gafe do Passos era apregoada vezes e vezes. As dos representantes de outros partidos eram abafadas. Pacheco Pereira, na quadratura, espumava maledicências contra Passos Coelho. Nos seus comentários o ressabiado Marcelo, com a sua língua viperina e dentes afiados, mordia no Passos, elogiava o Costa e... pasme-se, até . o Bloco e o PCP!. O Mendes,embora mais moderado, não deixava também de bater no Passos e de namorar o Costa. Agora que as sondagens dão outra perspectiva, os comentários são completamente diferentes.É que o Marcelo poderá vir a precisar do apoio do Passos. Isto é o que eu tenho visto e ouvido nos meus aparelhos de audiovisão. Diferente dos vossos.

Anónimo disse...

Graça Sampaio, quem é ?

Anónimo disse...

Com a devida vénia, do blog "Estado Sentido":

28 de Setembro 1974

por João Almeida Amaral, em 28.09.15

Passavam 5 meses do 25 de Abril.
O pais vivia dias de incerteza e o comunismo crescia dia a dia.
Para nós, as crianças da revolução a vida corria alegremente. A escola terminara em Maio fruto do PREC (processo revolucionário em curso) e este seria o maior verão das nossas vidas. Para mim particularmente grande porque Álvaro Cunhal meteu uma cunha ao Mário Soares para colocar a filha no Liceu Camões e azar dos Távoras, foi logo no meu lugar e assim estive de ferias desde Maio até Fevereiro ou Março de 1975, mas isso foi outra história. (Mário Soares revelou este episodio numa entrevista televisiva, há alguns anos, quando ainda estava lúcido)
O verão foi agitado, a minha família saiu para Espanha lá para Agosto, para ver o que se iria passar. A saída foi atribulada , a Policia das fronteiras, já não controlava os postos de fronteira, tinha sido substituída por barbaças enviados pelos partidos revolucionários sob o comado do PC e era em sobressalto que se saia de Portugal .
Em Setembro resolveu o meu pai voltar por Trás-os-montes, para evitar as fronteiras mais agitadas do Alentejo . Dia 12 a minha avó fez 80 anos e a família próxima deslocou-se do Douro e do Porto para Trás-os-Montes e numa pequena Aldeia preparou-se um jantar.
Os homens passavam os serões a ouvir a BBC e a Radio DW em ondas curtas , para terem uma ideia do que se ia passando. Nos os miúdos divertia mo-nos como sempre, entre ir aos figos ou tomar banho no rio. Nessa noite a meio do jantar barulho de vozes no silêncio da noite. Pareciam cânticos. Mulheres e crianças para dentro de casa rapidamente, os candeeiros de petróleo apagados e os cães foram soltos . Armas de caça distribuídas, homens barricados por detrás de mesas . Falso alarme era o Padre Belarmino , tinha organizado uma festa para homenagear a minha avó. Ligou-se a grafonola e ao som do Gardel dançou-se.
No resto do pais os confrontos e assassinatos eram frequentes dando origem a frase que os franceses espalharam num delírio poético " A revolução dos Cravos"
Dia 28 de manhã a Ponte Salazar é cortada pelo controlo revolucionário e todos os carros que pretendem entrar em Lisboa vindos de Sul são revistados por camaradas que prendem qualquer cidadão que se faça acompanhar de uma navalha ou canivete suíço.
O comunismo é formalmente o nome do regime. Vasco Gonçalves comanda.
Passamos de um regime autoritário de direita para uma ditadura pró-soviética.
Foi o principio de um pesadelo que só terminou 14 meses depois no dia 25 de Novembro.
Estas são as minhas memórias . Tinha 12 anos.
É importante para que os mais novos não comam tudo oq ue lhes tentam impingir.

Anónimo disse...

Devo dizer que embora deteste o Marcelo eo Mendes, mas claramente o PS neste momento está desesperado. Já se viu que uma vitória que era certa irá transformar-se numa derrota. Para mim marcará o fim de António Costa, mas por outro lado é bem feito para o PS afinal de contas prefere criticar o Corbyn na Inglaterra e continuar lambuças do neoliberalismo.

Anónimo disse...

O anónimo das 20,01 tem a mesma televisão e rádio que eu tenho mas devemos ser só nós e a nós entra pelos olhos dentro!
João Vieira

EGR disse...

Senhor Embaixador: permita-me que diga que já passei os setenta, e que especialmente desde o 25 de Abril que acompanho, na medida do que sou capaz, a vida politica,e particularmente, os períodos eleitorais;é sendo avesso a teorias conspirativas, sempre direi que não recordo nenhuma em que a postura dos "media" seja tão inqualificavel pela falta de um mínimo de imparcialidade.incluo na apreciação a RTP. a Antena 1 e a imprensa; e, como infelizmente, vem sendo frequente quer os "carregadores de microfones", quer os escreventes, ou os falantes, mostram uma indisfarçavel tendencia para a coligação salpicada com alguma mesmo com alguns dislates e falta de vergonha.
Quanto aos identificados comentadores claro que o genial professor tem um interesse próximo, e o dr. Mendes pretende continuar a tentar ter acesso ao que se passa, ou vai passar no Conselho de Ministros que certamente lhe é muito util
E já agora para além da Comissão Nacional de Eleiçoes muito gostava de saber por anda a ERC e o seu grande presidente Carlos Magno.

Jose Martins disse...

Senhor Embaixador,
Esse duo são dois "pirolitos" da primeira apanha!!! O Mendes igual a "boneco" teimosos e o Marcelinho, como o vejo um "troca-tintas"
Saudações de Banguecoque

PS - Marcelo Rebelo de Sousa era o "Marcelinho" para o imbecil (a todos os governadores que passavam por Moçambique) jornalista, do Notícias, Guilherme de Melo e de quando o "Marcelinho", um jovem empolgante, ia passar férias (à pála) junto a seu pai o Governador Baltazar Rebelo de Sousa. Eu é que topo esta malta fandanga!!!

Anónimo disse...

Este país é bipolar!
É nos partidos, é no futebol, é na imprensa, é nos comentários deste blog etc. Só o blog é que escapa…
Como diz a Mariana Mortágua, a abstenção, os nulos e brancos só vêm agravar o “bipolarismo” que, como sabem, é uma doença gravíssima. Portanto, para amenizar a peçonha, quem não se incomodar com o aborto, tem a Mariana Mortágua que em todo o resto parece um ótimo antídoto. Para já…

Retornado (de Angola) disse...

Ó Martins, olha quem vais invocar o masculino, feminino e neutro Guilherme de Melo. sinceramente!

Embora de Angola também saiu aquele que foi acabar em NY.

Só desgostos!

Anónimo disse...

Mas, caramba, eles disseram ao que vinham. Relvas disse-o com todas as letras e acentos.
Cavaco silva tem antecedentes na matéria.
Estavam à espera de quê? Qual a surpresa?

Anónimo disse...

Em aditamento:

" Jornal i recupera a notícia de que os auditores da CM de Lisboa apontaram igualmente reservas às contas de 2013, aquando da presidência de Costa, num montante superior a mil milhões de euros."

Anónimo disse...

Senhor embaixador
Agora só há comentadores do PSD (Marcelo, m. mendes, outro que carrrrrega nos errrrres…), depois da saída de Santos Silva; agora os senhor embaixador já nota…
Primeiro levaram os comunistas mas eu não era comunista…
Pois… mas antes não se pronunciava porque não achava a falta de nenhuma força política entre os comentadores arregimentados para debitarem opiniões.
Coisas, como diria o Mário-Henriques Leiria.
A.