quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Jon Stewart


Somos todos, um pouco, americanos. Cada um à nossa maneira. Por muito que alguns o não queiram assumir, todos temos "a nossa América" em que nos revemos, todos "votamos" nas eleições por lá. Às vezes, cansados do Chile ou do Iraque, fingimos que nada temos a ver com "aquilo", mas, logo que nos aparece um ET pateta a defender a Sarah Palin, temos logo um Obama para lhe mandar à cara. Quando os "neocons" da paróquia destilam Chicago, lançamos mão de um Stiglitz ou um Krugman para lhes retorquir. Por cada Reagan ou Wayne que saia do baralho mccarthista, emergirá sempre um Woody Allen ou um Sean Penn para nos reconciliar com o Novo Mundo. Para cada "Washington Times" há sempre um "The New York Times". 

Há uma América para todos os gostos. A minha tem lá dentro Jon Stewart e hoje, dia em que vai para o ar o seu último "Daily Show", não consigo conter a minha nostalgia.

7 comentários:

Anónimo disse...

Este post ilustra que há muitos portugueses que vivem mesmo numa redoma, num mundinho próprio longe da realidade do nosso País.

Enfim.....

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro Anónimo das 14.39. Mude-se para cá, se quiser. A redoma ainda tem espaço. E whisky, se não lhe agravar a vesícula...

Bartolomeu disse...

O mundo está a ficar cada dia mais negro... ontem, a notícia da separação de Miss Piggy e o sapo Cocas... hoje o anúncio do último episódio do "Daily Show"?!
Porra!
O Mundo está a tornar-se um lugar insuportável...

inconfessável disse...

Será que estamos a crescer 1,5%? Pessoalmente não vejo nada disso, nem no local onde vivo. No fim do ano veremos.

ANTONIO DA SILVA CORDEIRO disse...


Sr. Embaixador
Sigo o seu blog de Manchester, NJ ha' alguns anos por recomendacao do comum amigo Onesimo Almeida da Brown University. Gostei deste post sobre o John Stewart: vai fazer muita falta porque tem tido um sentido muito acurado e razoavel sobre a politica e sobre a vida americana da actualidade. Todo este Verao senti a falta de David Ledderman, mas em Setembro chegara' o seu substituto Colbert que, todos esperamos, fara' um bom papel.
Agradeco e aprecio o bom senso com que segue e ve o desenrolar da vida dos States: equilibrio dizendo, sem facciosismo, o que ha' de bom e de nao-bom neste pais de extremos.


Antonio da Silva Cordeiro

Carlos Fonseca disse...

O último Daily Show, com Jon Stewart:

http://thedailyshow.cc.com/full-episodes/pjkw01/august-6--2015---jon-stewart-s-final-episode

Anónimo disse...

Absolutamente delicioso este último daily show!
A não perder! E com um espectáulo final óptimo com o amigo Bruce Springstreen (já nem sei escrever o nome dele...)
Dos nossos canais de tv, não há um que se aguente ver. Noticiários de horas horríveis. Não aprenderam nada com o que se passa em canais comerciais das televisões estrangeiras. E em termos de entretenimento, é a imbecilidade, a estupidificação, a alarvice..
Eu vou ter muitas saudades do Jon Stewart.