quarta-feira, 17 de junho de 2015

António Paes de Andrade (1927 - 2015)


Acabo de ter conhecimento da morte, em Brasília, de António Paes de Andrade.

Paes de Andrade foi um advogado e político brasileiro, tendo presidido à Câmara de Deputados, entre 1989 e 1991. Entre 2003 e 2007, foi embaixador do seu país em Lisboa. 

Encontrei-o, pela primeira vez, há pouco mais de dez anos, na véspera da minha partida para o Brasil, onde iria ser o seu contraparte. A nossa relação pessoal foi sempre excelente, o que não impediu que tivéssemos uma leitura diferente - e, a espaços, fortemente contrastante - de algumas situações que afetaram as relações luso-brasileiras por esses tempos. Mas tudo conseguimos resolver "numa boa", com muito humor à mistura e com sua gargalhada franca a sublinhar, nas nossas divertidas conversas, o relato de episódios da história política brasileira de que também fora protagonista. 

Há dois anos, quando a comunidade empresarial luso-brasileira do Nordeste me convidou para ir ao Ceará, para aí receber um prémio pela contribuição dada ao relacionamento económico bilateral, tive o gosto de receber esse galardão das mãos, já então frágeis, de António Paes de Andrade. Foi a nossa despedida.

Deixo à família de António Paes de Andrade o meu sentido pesar.

Sem comentários: