quinta-feira, 21 de maio de 2015

Felicidade ?

Encontrei-o esta tarde no Chiado. Já o não via há bastante tempo. Eu vinha de um almoço, com pressa, porque tinha um compromisso para o qual já estava atrasado. Ele passeava-se, com calma, já um pouco bronzeado, gozando a sua reforma. Lancei-lhe:
 
- Gosto de te ver com esse ar feliz!
 
- É verdade, tenho saúde, não tenho problemas pessoais e o dinheiro vai dando. A felicidade, tenho vindo a aprender, é uma coisa simples.
 
- Simples, uma ova, meu caro!
 
- Estás enganado! Basta que nos deitemos a desejar que o dia seguinte seja pelo menos tão bom como o que acaba.
 
Pensando bem, ele é capaz de ter razão. Esta noite vou lembrar-me disso.

1 comentário:

Anónimo disse...

Veio-me à memória o padre José da Felicidade Alves. Mas este é outra "felicidade"...