sexta-feira, 6 de março de 2015

Quadratura do Círculo


Por amiga sugestão de Jorge Coelho, simpaticamente aceite pela equipa da "Quadratura do Círculo", substituí-o na última edição do programa. Agradeço-lhe a experiência. Como diria Américo Tomás, só tenho um "adjetivo" para a qualificar: gostei! 

O convidado foi muito bem tratado pelos episódicos companheiros de mesa. Quem o não terá sido da mesma forma foi o dr. Passos Coelho, sobre quem convergiram algumas críticas fortes, de que pode ver uma amostra aqui. É a vida, repetindo a frase de um seu saudoso antecessor no cargo que ocupa!

11 comentários:

São disse...

Gostei muito de o ver e ouvir.

Para seu e meu prazer , espero que regresse...

Quanto a Passos só tem que agradecer a simpatia e amabilidade com que foi tratado, garanto que se fosse eu e embora tendo em conta estar em televisão não seria tão branda !

Bom fim de semana

Anónimo disse...

Gostei.
a)Rilvas

Anónimo disse...

Eu vejo-me forçado a usar o mesmo adjetivo, mas em "forma composta" - também gostei
Um abraço
Guilherme S.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Caríssimo Chico

Infelizmente a SIC não chega a Goa. Mas, felizmente o que enviaste da tua intervenção foi um cheirinho do que deves ter dito mais. Mesmo assim fico entusiasmado. Conhecendo-te como te conheço também uso o adjectivo do mirante Tomás: Gostei

Aliás o adjectivo também podia ser proferido pelo actual utente do Palácio de Belém quando se dirigiu aos cidadões

Agradeço-te antecipadamente que guardes a gravação para me deliciar quando voltar à Pátria.

De Goa segue um grande abç

Bartolomeu disse...

Compreendo que sendo o Senhor, Embaixador, paute a sua atitude e expresse as suas opiniões em público, de forma... diplomática.
Mas, classificar o discurso do PM no congresso do PSD, em contraste com a falta de cumprimento das suas obrigações fiscais "um pouco contraditório" é estar a ser - em minha opinião - não um pouco mas, exageradamente benévolo... diplomata, digo. Sobretudo por estar a referir-se a um primeiro ministro useiro e vezeiro na prática de fazer o contrário daquilo que promete.

Anónimo disse...

Gostei muito. Espero vê-lo mais frequentemente.

Anónimo disse...

Quando se juntam no mesmo personagem o estar o saber e o parecer, estão reunidas as condições para se desejar mais.

Guilherme.

Um Jeito Manso disse...

Tenho que lhe dizer que gostei bastante da sua intervenção. Sereno, objectivo e contundente qb. Mas tenho que abrir uma excepção: quando afirmou categoricamente que acha que Passos Coelho é um cidadão honesto. Claro que, até prova em contrário, toda a gente o é mas a verdade é que há a honestidade intelectual e isso, Embaixador, sabe bem que ele isso não é.

Mas, enfim, tirando esse pequeno ponto em que me encolhi um pouco com o seu atestado de bom comportamento, acho que leva jeito e faz um belo mano a mano com o Pacheco Pereira.

Deolinda Cruz disse...

Sou leitora assídua do seu blogue e como esperava a sua participação na Quadratura do Círculo foi ótima como esperava. Na minha opinião devia ficar em permanência.
Quanto ao Coelho (o Passos) depois do que aparece diariamente duvido da sua seriedade!

Anónimo disse...

Espero que o Doutor Jorge Coelho se lembre mais vezes!

Guerra disse...

Boa tarde Sr. Embaixador.

Terminei agora de visionar o programa que tinha gravado na quinta-feira passada.

O programa ganhou com a sua presença. Não houve as "picardias" que eram habituais e ganhou em esclarecimento. Parabens por isso. Gostaria que fosse presença normal no programa.

Cumprimentos cá da Bila