quinta-feira, 19 de março de 2015

O Estado do Governo

O governo que, sob o seu ódio ideológico ao Estado, mais tem procurado instrumentalizar a Administração Pública, ao mesmo tempo que a despreza, humilha e enfraquece sempre que pode, é o mesmo governo que se esconde atrás dessa mesma Administração, deitando as culpas para os seus agentes e fugindo à assunção de responsabilidades políticas, logo que as coisas começam a correr mal para os seus interesses, por virtude da destruição e desqualificação organizada da máquina pública, que deliberadamente empreendeu.

9 comentários:

Manuel do Edmundo-Filho disse...

É difícil alguém ser mais certeiro! Na "mouche"!

Manuel do Edmundo-Filho disse...

... e é difícil encontrar-se governo mais cinicamente cobardolas!!!

Um Jeito Manso disse...

Tem razão. Olho-os e o que vejo é uma gaiatagem, uns rapazolas, umas chicas-espertas, e tudo com ar de ser gente que pouco estudou, gente que não sabe de nada, que nos envergonha. Uma irritação, isto.

Anónimo disse...

Caramba: que comentário mais bilioso! O exagero cego, cega.
João Vieira

patricio branco disse...

encontrar bodes expiatórios e dizer que não sabiam nada está-se a tornar uma regra neste governo.
uma atitude que vemos em regimes autoritarios, purgas, autoconfissões, etc, embora alguns desses bodes expiatórios tambem sejam colaboradores e cumplices.
mas o boss que deu as instruções, seguramente verbais, resolve assim o assunto.

Anónimo disse...

Nem mais! A ausência de princípios democráticos deste lamentável governo de Direita começa não só a ser confrangedor, como preocupante! Só mesmo com um PR como este que nos calhou em rifa, suporte do governo e das suas trapalhadas e malfeitorias económicas, sociais, políticas, fiscais, etc, é possível manter-se em funções. Como Cavaco não possui uma leitura da Constituição como competiria a um outro PR, vai segurando este podre governo como pode e quer. Gostaria de saber o que pensa o PS e António Costa fazer para reabilitar a imagem desprestigiada do Estado, por obra e graça deste inqualificável governo. Os últimos acontecimentos, uma vez mais, como muito bem refere, mostram não só a irresponsabilidade do governo, mas a sua cobardia. Não me recordo de ver um governo descer tão baixo como este. Está ao nível da sargeta. Arreie-lhe, pois a razão assiste-lhe!
P.

Anónimo disse...

Atenção aos telhados de vidro....que são muitos por aí...

Francisco Seixas da Costa disse...

Ao Anónimo das 13.11: Nomes! Nomes! desde que diga o seu, claro!

Anónimo disse...

O Sr. Embaixador não queira fazer as pessoas de parvinhas!
Claro que o anónimo das 13 e qualquer coisa tem toda a razão e não é necessário conhecer o seu nome para nada.
Se estes estão a destruir a administração de uma forma os outros destruiriam-na de outra. E em muitos aspetos até se igualaram como, por exemplo, com os afilhados.