terça-feira, 18 de novembro de 2014

Snob


O mais jornalístico bar de Lisboa, o "Snob", fez ontem 50 anos. Numa cidade onde este tipo de espaços tende a desaparecer ou a descaraterizar-se, é obra!
 
O "Snob" não é o meu bar - eu sou de outra "freguesia", do "Procópio". O seu bife pode não ser melhor do que o do "Café de S. Bento", mas não deixa de ter a sua graça passar ao fim da noite por esse lugar "cosy", ligeiramente decadente, onde se arrulha, se conspira ou, muito simplesmente se bebem uns copos. Dele já desapareceu o cheiro a fritos que, durante décadas, a D. Maria não conseguia evitar que saísse da cozinha e que nos acompanhava bem para além da saída. O "Snob" é como aqueles amigos que não vemos com frequência, mas que ficamos sempre contentes por reencontrar e que, nem por isso, deixam de nos ser íntimos. 
 
Deixo aqui um abraço ao Dr. Albino, alma da casa, portista dos quatro costados.

Sem comentários: