segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Chove chuva

Em Lisboa, chove "que Deus a dá", como diria a minha avó. Troveja mesmo. O Outono que hoje começa já está a "armar" a Inverno, para contrariar o Verão passado, que andou a copiá-lo. Os semáforos estão avariados, o que permite passar nos cruzamentos à luz da filosofia liberal ensinada na Universidade Católica, isto é, tudo ao molho, fé em Deus e quem tiver unhas que se safe.

11 comentários:

vanessapoppe disse...

Já aqui em Londres não chove há 3 semanas. Gosto tanto das partidas que tempo nos prega. Desejo que todos cheguem são e salvos aos seus destinos e que não haja estragos de maior (e de menor).

vanessapoppe disse...

Já aqui em Londres não chove há 3 semanas. Gosto tanto das partidas que tempo nos prega. Desejo que todos cheguem são e salvos aos seus destinos e que não haja estragos de maior (e de menor).

Anónimo disse...

E aqui na Beira Alta também está bem melhor do que em Lisboa, ao que vejo!

Helena Sacadura Cabral disse...

Ó Francisco esse odiozinho à UC é de estimação?!
Eles não obrigam, só vai quem quer. E quem pode, claro. Esse é que é o problema!
Eu fui para a pública e veja o meu liberalismo...
:-))

Francisco Seixas da Costa disse...

Cara Helena: eu não tenho "odiozinho" à UC. Apenas me limito a constatar que a universidade que, em Portugal, mais próxima está da igreja católica é o hoje o "centro de produção" de ideologia liberal mais "operativo", anti-social e gerador de "adubo" teórico para a governação que nos calhou em rifa. Só isso! E não é pouco!

Anónimo disse...

Cuidado com as sar...jetas da CML !

Anónimo disse...

A salsicha educativa da UC é a melhor! Não há dúvida!... tem colocação pela certa...
antonio pa

domingos disse...

Pouco tenho a ver com a Católica, mas parece que o Embaixador anda um pouco desatualizado. Se fosse a si, ia até lá, via com atenção que disciplinas são por lá ensinadas e quem as rege, e falava um pouco mais com o pessoal. Claro que subsiste por lá um núcleo (neo)-liberal, mas acredite que há muito mais do que isso e, por sinal, algumas vertentes bem mais interessantes ainda que menos "ortodoxas". Nada como ir ver.

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro Domingos: ainda bem! Gostava que esses heterodoxos aparecessem mais em público a defender teses diferentes da "matriz" tradicional da escola.

Anónimo disse...

Sempre é menos perigosa que a FCSH, quase escola mãe dos anti sistema...

Helena Sacadura Cabral disse...

Meu caro amigo
O comentador Domingos tem razão. Vale a pena ver "o que" se ensina e "quem ensina".
Respondendo ao seu comentário, há muito investigador e professor que não quer aparecer, apenas transmitir conhecimento. E já é muito. Para o ruído televisivo e jornalistico, já basta o "ortodoxismo" que temos!