sábado, 9 de agosto de 2014

À conversa no ""Pereira" (10)

 
- Esta história do Novo Banco ter cortado o crédito ao Benfica é muito chata...
- Porquê?! Já era tempo de vocês começarem a pagar as contas!
- Olha a "lagartada" a falar! Vocês, se calhar, ainda devem a relva da Academia de Alcochete!
- Tá bem, tá! Mas não andamos a vender a equipa a retalho.
- Não deixa de ter graça! Logo tu a falares do retalho...
- Por este andar, um destes dias, vocês ainda alugam a águia...
- Deixa-te de conversas! Isto é uma crise que atravessa todos os clubes. Ninguém escapa, vais ver!
- És capaz de ter razão. Mas há uma coisa de que ainda estou à espera.
- O quê? 
- Que alguém venha dizer que, lá no fundo, a culpa do estado a que o Benfica chegou é do governo do Sócrates!
- Pronto! Só faltava essa! A seguir ainda me vens com o PEC 4, não?
- Ó Isabelinha! Traga mais dois cafés.

3 comentários:

Anónimo disse...

Podem crer que o Sócrates, é que provocou esta crise no BES!Se Ele foi o responsável por todas , porque não será agora por esta apesar de não ser governo?!

jose neves disse...

Claro que alguém ainda fará uma associação de velhas invenções com novas invenções e vai acusar Sócrates de fazer falir o BES.
Desde logo porque "faliu" o país portanto a falência dos bancos é toda de sua responsabilidade.
Não?
Então vejam como o ex-Secretário da cultura Viegas há dias no "cm", citando o indigente sábio moita de deus(normalmente cita os indigentes sábios directores do cm), acusa indirecta mas claramente por velho e gasto palavreado retórico anti-Sócrates(foi boa a festa pá, porreiro), que Sócrates é culpado do estado actual da PT e desta se ter transformado num apêndice sem valor de uma empresa menor brasileita.
Os bandalhos esquecem que quem se apressou a desfazer-se à borla das Golden Shares e permitiram fazer o negócio obscuros da PT, tal como nos Cimentos, EDP, CTT, ANA, etc., foram o actual bando de incompetentes ou corruptos deste governo.
O Viegas ainda não explicou é como, contra todos os pareceres de governos antigos e pareceres novos do seu governo, assinou de cruz a venda e lá se foi o "Criveli" por uma "pipa de massa" quando fora vendido barato internamente porque era considerado valor nacional inexportável ou vendável ao estrangeiro.
Estamos entregues a gente desta qualidade abaixo de cão, é o que é.

Anónimo disse...

Pena que dirigentes do Partido Socialista não tenham sido mais solidarios e honestos com o ex-primeiro ministro Socrates. E de longe mais pragmatico e muito mais bem preparado do que os que lhe sucederam no PS, e, não so no PS! Vamos esperar pelas eleições e veremos se vem ai a falência definitiva de algum grande Partido politico. Se calhar a culpa vai ser do Socrates...