quinta-feira, 10 de julho de 2014

Scolari

Neste momento em que o (quase ex-) selecionador do Brasil está a ser colocado no pelourinho, vilipendiado como pessoa de forma inaceitável, como se erros futebolísticos autorizassem todo o tipo de insultos, quero testemunhar o meu apreço pela figura de Luiz Filipe Scolari, um homem que, ao serviço da seleção portuguesa, demonstrou ser o mais português de todos os brasileiros. Comigo, a gratidão e a admiração não são valores perecíveis com o tempo e com as conjunturas.

15 comentários:

Anónimo disse...

Eu aplaudo daqui.

onésimo

ignatz disse...

scolari está a ser julgado pelos seus resultados como treinador de futebol, não por patriotismos bacocos e descabidos. enquanto seleccionador português dividiu mais do que uniu, insultou jornalistas, foi mal educado com quem o criticou e envolveu-se em cenas de violência, resumindo: um arruaceiro, que vexa admira.

ignatz disse...

link para acto patriótico do scolari
https://www.youtube.com/watch?v=hezzTGkloJY

Anónimo disse...

Outro aplauso!
Victor Gameiro

Anónimo disse...

Nunca na selecção alguém que tivesse motivado a grande maioria da população em volta dos jogos da equipa das Quinas. E vejam quem o substituiu o que fez (Carlos Queirós)

opjj disse...

Absolutamente! É bom ter memória.Foi aquele que conseguiu mobilizar os portugueses a colocar uma bandeira na sua casa, como ninguém.HOUVE até falta de bandeiras na ocasião.Muitos tiveram o seu primeiro contacto com ela.
Cumps.

Anónimo disse...

Campeão do Mundo pelo Brasil
Vicecampeão da Europa por Portugal
4º lugar num Mundial, com Portugal


Há gente que nunca está satisfeita.

Anónimo disse...

Com o Scolari, os jogadores rezam mais do que treinam. Desta vez não resultou!
Quanto à gratidão ou admiração pelo que fez em Portugal, acho que não merece nada de especial. Encontrou a melhor seleção portuguesa de sempre. Além disso, portou-se muito mal em várias situações (agressividade verbal e física).
Cumprimentos

Francisco Seixas da Costa disse...

Ó Ignatz, dizem-me que não abusar dos fritos é uma receita boa para atenuar o mal da vesícula. Experimente!

Anónimo disse...

"a gratidão e a admiração não são valores perecíveis com o tempo e com as conjunturas" APOIADO

Anónimo disse...

Aleluia! Alguém que diz uma grande verdade: a melhor seleção de sempre foi a da época de Scolari e não a de 66

Anónimo disse...

Há duas maneiras dos portugueses avaliarem a passagem de Scolari pelo futebol português. Como aquele que levou a seleção portuguesa ao melhor resultado - sendo vice-campeão europeu. Ou aquele que tinha o melhor grupo de jogadores da competição, jogava em casa com o apoio de toda uma nação, tinha um salário milionário, todas as condições e mais algumas mas mesmo assim perdeu a taça frente á Grécia….Eu fico mais pela segunda. Ainda levamos com um personagem arrogante, anti-democrático (perguntem aos jornalistas) e que está totalmente ultrapassado profissionalmente. Trabalha e pesquisa muito pouco….

Anónimo disse...

Nada sei nem interesse tenho pelo futebol. Quero contudo fazer minhas as palavras do embaixador.

José Neto

patricio branco disse...

terminará a carreira de selecionador da equipa brasileira, assumiu as responsabilidades maiores do descalabro, parece que no brasil os protestos não vão tanto para o filipão que ainda recolhe simpatias, mas para outros lados, possivelmente continuará a treinar em qualquer lado...

Anónimo disse...

o seu apreço podera ter, claro, o meu é que nao...!

cumprimentos