quinta-feira, 10 de julho de 2014

Atenção a isto!

A Alemanha acaba de considerar "persona non grata" o chefe dos serviços de informação americano destacado no seu território. Esta notícia é verdadeiramente importante e pode ter consequências que importa seguir.

Tudo indica que poderemos estar no início de uma pequena crise para a resolução da qual vai ser necessária muita diplomacia e um ainda maior bom senso. Não é vulgar um gesto deste género entre países aliados, o que prova a seriedade das imputações que Berlim faz à ação da "intelligence" americana dentro do seu país. 

Os serviços secretos alemães são de excelente qualidade e a sua boa ligação a Washington era proverbial. Curiosamente, o serviço de informações externas alemão, o BND, deve a sua formação aos americanos, que, em 1945, recrutaram para tal um colaborador destacado da Abwer (a espionagem militar nazi), Reinhard Gehlen, dado o seu conhecimento profundo do novo adversário dos aliados ocidentais, a União Soviética. Gehlen foi detido, enviado para os EUA, tendo regressado depois à RFA onde, a partir de 1968, se tornou no "patrão" dos serviços alemães de espionagem. Salvo pequenas dissidências no quadro da "Ostpolitik" de Willy Brand, fruto das suspeitas de infiltrações da Stasi (espionagem da Alemanha Oriental), o relacionamento do BND com a comunidade de informações americana foi sempre muito positivo (escrevo sem suporte bibliográfico, porque toda a minha "literatura" sobre esta matérias já está na Biblioteca Municipal de Vila Real).

A confirmar-se, a crise de hoje ficará como um momento histórico nas relações entre os EUA e a Alemanha. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

4 comentários:

Anónimo disse...

Falta um "t" em Brandt e não é assim que se irá pôr Putin na ordem.

Anónimo disse...

A Merkel acaba de dizer que há coisas bem mais interessantes para serem espiadas do ela... Estou de acordo...
antonio pa

Anónimo disse...

Ui ui os serviços secretos alemães são de primeira água http://www.spiegel.de/international/germany/intelligence-agency-slammed-for-shredding-files-linked-to-zwickau-cell-a-841759.html

patricio branco disse...

há muito que o assunto vinha sendo digerido pela rfa, e tratado entre os 2, gerantias de obama que ia investigar escutas, mudar métodos, enfim, assunto embaraçador para os eua desde o wikileaks e mostras de poder de decisão da rfa