segunda-feira, 30 de junho de 2014

Santos populares

Este ano, "deu-me" para os Santos Populares. Andei a noite de Santo António por Alfama, fui ao Porto passar o São João e, ontem, estive no São Pedro, em Sintra. De Santos, só me faltou poder saudar o Fernando, que há pouco se viu definitivamente grego contra a Costa Rica.
 
E foi em Sintra que deparei com esta curiosidade, no seu belo Museu do Brinquedo. Um "recuerdo" dos anos 30, que revela bem o que mobilizava a juventude de então. Ora o museu, segundo aí me informaram, vai fechar. Ainda será efeito da "troika"? Eu sei que, com estas montras, não será fácil obter a boa vontade alemã. Mas não haverá mesmo uma "chance" de evitar o encerramento, caro dr. Basílio Horta? 

5 comentários:

Anónimo disse...

Âs vezes a história arrepia. A sua fotografia a ilustrar os Santos populares (e logo os Santos populares) arrepia e vieram-me logo à memória dois episódios de repulsa que vivi:
1) ao adquirir uma edição muito bonita, encadernada a vermelho e com multiplicação de cruzes suásticas, sobre experiencias de médicos Nazis nas suas teorias eugenistas não o consegui expor na biblioteca,
2) quando um amigo ficou muito admirado por lhe confiar nunca ter lido o Mein Kampf... que evidentemente não tem lugar nas minhas prateleiras...
A sua fotografia, Embaixador, reavivou a minha memória sobre estes dois episódios violentos. A história, às vezes arrepia!
José Barros

Julia Macias-Valet disse...

Já sabia desta má notícia...é pena porque é um sítio giríssimo para pequenos e grandes.

patricio branco disse...

nunca entrei no museu, agora fiquei com curiosidade, o brinquedo é uma peça que diz muito ou reflecte os tempos e epocas a que pertence, como se vê pelo conjunto da imagem, há brinquedos dos tempos dos egipcios ou romanos, medievais, dos tempos nazistas, sim, que o museu cintrense seja salvo de ter de fechar, que se faça publicidade para ter mais visitantes, é terra muito visitada todos os dias do ano, ali está agora patrocinada pela cm uma magnifica exposição de pintura de dorindo de carvalho, que o pr da cm dê pois uma mão ao museu do brinquedo para não fechar,a mensagem a propósito dos santos que lhe chegua, etc etc

Portugalredecouvertes disse...

Estive no museu do brinquedo de Sintra e é uma pena que venha a fechar! as crianças pequenas encostavam o narizinho contra as vitrinas que mostram os bonecos deitados nas suas mobílias bem torneadas ou a merendar uns com os outros!
Também penso que não há muita informação sobre a localização do museu para quem visita Sintra

Helena Sacadura Cabral disse...

Francisco
Eu compreendo o seu post, mas esta fotografia arrepiou-me, porque eu nasci no tempo que ela retrata. E a memória não é boa!