quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Portugal - ascensão e queda

Não dá! Anteontem, ao final da tarde, tinha quatro compromissos, precisamente à mesma hora. Um deles era, como agora se diz, incontornável. Dois outros eram ocasiões "sociais", uma delas para honrar uma amiga que muito prezo*.Outro ainda era o lançamento do último livro do meu amigo Jaime Nogueira Pinto, "Portugal, ascensão e queda". Falhei o encontro. Chegado a casa, tinha o livro à minha espera. Vou ler. Mas o mistério continua: como é que o Jaime Nogueira Pinto organiza os seus dias e horas, por forma a publicar a este ritmo?

* o que um lapso suscita, conforme os comentários

12 comentários:

Anónimo disse...

prezo

margarida disse...

'prezo' i/o 'preso'...
Mais um senão de tanta sobrecarga, e não é, seguramente, por falta de avisos, que amigos não lhe faltam.
Da sabedoria popular: "devagar se vai ao longe".
Menos, excelência, menos.

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Também já o tenho. O Jaime é uma pessoa notável e organizada, só assim se explica esta super-produção.

Anónimo disse...

Não precisa de ir a "todas" para slimentar o ego e estar-em-dia-com-o-socialmente-correcto !

Além disso, como qualquer individuo da direita com formação, organiza-se e planifica as suas actividades.


Alexandre

margarida disse...

Em tempo, o tema…
Palpites para a produtividade escriba do dr. Nogueira Pinto: ´

Não mantém dois ou três blogues;
Não viaja para o estrangeiro dia-sim, dia-não;
Não se desdobra em entrevistas radiofónicas, televisivas e outras;
Não profere constantes palestras e apresentações;
Não acumula cargos executivos;
Não é presença assídua em vernissages, homenagens e quejandos;
Não percorre as capelinhas procopianas da capital;
Não vai aos fados.

Anónimo disse...

prezo não preso

* por favor, não publique o comentário.

Foi só um alerta para um erro de colocação de dedo (como lhe chamo quanto as teclas estão próximas umas das outras).


Obrigado,

Anónimo disse...

A parte das queda parece que não pára, o Sr. Embaixador como pessoa conhecedora julgará, com mais propriedade, mas a mim parece-me incorrecto promover alguém dentro de uma carreira que não está a exercer, neste caso o Chefe de Gabinete do PM http://dre.pt/pdf1sdip/2013/12/23600/0664606646.pdf...

Anónimo disse...

Desculpe lá, mas a sua amiga é um homem e está, bastante, na prisão?

Anónimo disse...

"Amiga, que muito preso", escreveu V.Exª. Permita-me a pergunta: V.Exª prende-a ou preza-a? Não sei mesmo como, com tantos afazeres simultâneos e com tanta escrita, são raríssimos os seus atropelos gramaticais.

Anónimo disse...

Comecei a ler. Não conseguia parar. Mas... não vai agradar nem à esquerda nem à direita. É uma grande novidade.

Anónimo disse...

Prezo

Anónimo disse...

isso não faz parte do ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA.
Nos que escrevemos e falamos o Português cometemos tais deslizes com frequência, pois o c,s,z tem o mesmo som.
Os italianos dificilmente cometeriam tal erro, pois essas letras tem sol diverso.
Eu na duvida, qdo. possível, falo a palavra em italiano, eliminando a dúvida.