domingo, 22 de dezembro de 2013

Gisela João

Há já alguns anos, creio que em 2005, ao tempo em que dirigia a TSF, António José Teixeira moderou um debate onde se fez um balanço do ano que terminava. Os convidados eram David Fonseca, Inês Pedrosa, Ana Lourenço e eu próprio. Foi um exercício divertido, dadas as perspetivas diferenciadas que se projetaram na discussão. No final, perguntado quem era, para mim, a figura portuguesa do ano, lembro-me que escolhi Ricardo Araújo Pereira.

Assisti, há pouco, a um exercício idêntico, moderado pelo mesmo jornalista, agora na SIC Notícias. Para o que aqui interessa, quero notar a genuinidade das intervenções de Gisela João, a fadista de Barcelos que é a mais recente lufada de ar fresco na canção nacional. Com uma linguagem simples, transpirando sinceridade, comentou a vida difícil de pessoas que tinha encontrado ao longo do último ano, emocionando-se com os casos de crianças que dão entrada nos hospitais apenas para matar a fome e com famílias que não protestam com a vida de carência que sofrem, porque a acham tragicamente natural. No final, ao ser interrogada sobre quem era, para ela, a figura portuguesa do ano, não hesitou e respondeu: a maioria dos portugueses. Grande Gisela João.

Para quem a não conhecer, aqui fica uma faixa do seu único CD, que vai ser a minha prenda de Natal para algumas pessoas.

5 comentários:

Anónimo disse...

Ans Lourenço, Gisela João... O Senhor Embaixador não brinca em serviço...

Isabel Seixas disse...

Linda a Gisela João e canta muito bem, boa escolha.

Anónimo disse...

O Senhor Embaixador sempre cultivou o bom gosto.

Estou nessa.

Guilherme.

Helena Oneto disse...

Gisela João tem tudo a favor dela: é bonita, tem voz, e inteligência. E o fado é lindo!

Anónimo disse...

é bonito o fqdo com o sotaque do norte