sábado, 26 de outubro de 2013

Escutismo

Notável é a explicação dada por Ferreira Fernandes, no DN de hoje, para o facto de não surgirem indicações de que os americanos tenham escutado figuras portuguesas:

"Fartos de tantos "eh pá, sei lá!", "vamos a ver..." e "seja o que Deus quiser" desligaram-nos as escutas".

5 comentários:

patricio branco disse...

podem não nos ter escutado, não lhes interessava, tambem pode ser que nem tenhamos investigado isso, não nos interessou...

Anónimo disse...

Os americanos têm mais interesse em escutar José Eduardo dos Santos do que Pedro Passos Coelho, que está sempre a dizer que não sabe nada, que não pode prever nada e que não manda nada ( segundo ele, a troika é que sabe, que prevê e que manda). Também não consegue falar com o PR de Angola, nem através do Dr. Barroso...Quem quer escutar um tipo destes, ou o (des)Governo dele, ou Cavaco, que não têm interesse nenhum para o Mundo, infelizmente para Portugal? Com JE dos Santos já as coisas são diferentes, não é?

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

O senhor PPC também dizia que o que Machete fez não tinha importância era um pequeno incidente... Foi o que se viu - e ouviu.

Talvez se fosse outro que não o MNE as escutas tivessem ocorrido. Cos diabos, Angola é Angola...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Caríssimo Francisco

Volto a abusar da sua proverbial paciência e notável Amizade.

Este é, DEFINITIVAMENTE o ÚLTIMO AVISO DE EMBARQUE na Travessa para o Patrício Branco. Homem, ainda não cobro IVA a 23%!

Obrigado caríssimo Francisco.

PS (Post Scriptum) O meu Amigo Mário Quartin Graça manda-lhe um abraço

Henrique

Isabel Seixas disse...

Eu estou em crer que o desinteresse advém da nossa transparência política, aliás interiorizada pelo "exemplo" dos nossos lideres...