quinta-feira, 1 de agosto de 2013

"À toutes fins utiles"

Informo que o meu "dress code" máximo, desde há um minuto e por tempo indeterminado, é t-shirt ou camisa, jeans velhos ou coisa parecida e (sempre) os mesmos "Timberland" que caminham para meia diuturnidade.

Espero que, assim vestido, me ofereçam um "spread" no BES que dê para eu ir "brincar aos pobrezinhos" à Comporta, "o menino tá ver?"

15 comentários:

Joaquim De Freitas disse...

Deve-se utilizar o desprezo com parcimónia, porque há tantos necessitados!
O que me revolta mais, é que ainda por cima esta pessoa ira directamente para o céu, porque é o reino dos pobres de espírito!

Anónimo disse...

Que tal "O velho, o rapaz e o burro" que toda a gente já viu, por aí, em vários blogues?

outeiro

Anónimo disse...

A tipinha já pediu desculpa. ou seja, reconheceu que fez m...

Anónimo disse...

ERA UMA VEZ

Cá para mim, esta" piquena" vai a Conselho de Família na "Casa dos Espíritos"

A piquena tem ou tinha uma agência de "criadas" que tentava impingir "cheias de formação". Recebia altas comissões, e tanto quanto se sabe, prejudicava as ditas e o empregador, quase sempre casais com crianças pequenas (aflitos por ajuda)e dispostos a pagar-lhe quantias elevadas. Tudo isto sem recibos nem coisa que o valha.

Quase todas as famílias têm um ramo podre.
Parece-me injusto levar tudo à frente. Há gente muito boa, solidária e trabalhadora com este apelido.Para já não falar nas tradições de gosto e apoio à arte e à cultura que vem de algumas gerações atrás.

Imagino que "a piquena" estará a ser fustigada e não sei se não perderá a mesada.

Então sim...com os poucos talentos que tem, arrisca-se a ficar o resto da vida a "brincar aos pobrezinhos"

Creio que o Sr. Embaixador não irá discutir o spread para ir de férias. Na Comporta que é fantástica ou em qualquer areal do Mundo, BOAS FÉRIAS, que bem merece.







Anónimo disse...

no meu tempo(sou mais idoso..) usava-se Levís vindas de Londres !




alexandre

Helena Sacadura Cabral disse...

Se bem se conhece a origem humilde desta família, os Silva, vai descobrir-se que houve um trisavô que, apesar de pobrezinho, brincou aos ricos e teve sorte...

Anónimo disse...

Será que a senhora da Comporta tem andado a rever Sócrates e Platão quanto aos "estilos de vida" mais austeros pelos quais parece que vamos ter de passar?? Estes dois filosofos da Grécia clássica estão muito na moda na Europa. Veja-se a revista Le Point de 25 de Julho 2013.

Anónimo disse...

Correcção ao meu último post.
Não é Socrates mas sim Aristoteles. As minhas desculpas.

Anónimo disse...

Os Timberland já deram à sola? E as Façononable, ficaram na gaveta?Votos de excelentes férias.

Anónimo disse...

Os ricos inventam sempre umas modas. De há um tempo a esta parte é a Comporta. Amanhã será outra treta qualquer.

Isabel I disse...

Sempre que me apercebo da pobreza intelectual e moral da nossa suposta "elite" dá-me uma vontade irreprimível de brincar à Revolução Francesa. Tipo guilhotina, tá a ver?

Anónimo disse...

Senhor Embaixador vá como seu costume. Férias á sua medida! Merece-as... As brincadeiras dos "ricos engraçadinhos" deram em tanta asneira que é a "única" razão porque o Dr. Alberto João Jardim continuou ao longo dos anos - contra "socialistas/PPD's Madeira - a ganhar eleições sem roubar votos. O dr. Alberto João Jardim sempre esteve sozinho contra gente desta... doa a quem doer.
Nota: nunca votei no partido do "nosso" Alberto João. Mas sei fazer-lhe justiça, quando "manda calar" gente desta. Na Madeira o antigo engenho de açúcar é hoje um jardim público. Os descendentes dos ricos do açúcar queriam uma quantia avultada pelo espaço que tinha sido cedido por cem anos. Mais de cem anos passados só tinha que ser público de novo. Assim se criaram gerações na minha terra a "brincar aos pobrezinhos! Ponto.

São disse...

Esta dama ESpírito Santo viveria todo o resto da sua vida sob uma ponte e vivendo da caridade de Isabel Jonet e assim poderia brincar a sério aos pobrezinhos, isto se a sua vida dependesse de mim.

Tudo de bom

Isabel Seixas disse...

Ora essa, com umas timberland com lavagens pós liminares e porventura cortes cerzidos e por cerzir ainda lhe aumentam os juros o seguro de vida e consequentemente o spread, isso são nitidamente sinais exteriores de riqueza...

Isabel Seixas disse...

De qualquer forma Sr. Embaixador Boas Férias,aproveite pensar e apreciar a sua riqueza...


EL ARCHIMILLONARIO

Se llama Armando Fuentes Aguirre y usa el Seudónimo "Caton", es un Periodista Mexicano brillante y vale la pena leer su Nota que está abajo.

"Me propongo demandar a la Revista "FORTUNE", pues me hizo víctima de una omisión inexplicable.
Resulta que PUBLICÓ LA LISTA DE LOS HOMBRES MÁS RICOS DEL PLANETA, Y EN ESA LISTA NO APAREZCO YO!

Aparecen, el sultán de Brunei y también los herederos de Sam Walton y Takichiro Mori.
Figuran ahí también personalidades como la Reina Isabel de Inglaterra, Stavros Niarkos, y los Mexicanos Carlos Slim y Emilio Azcárraga.

SIN EMBARGO, A MI NO ME MENCIONAN EN LA REVISTA"FORTUNE".
Y YO SOY UN HOMBRE RICO, INMENSAMENTE RICO.

Y si no, vean ustedes:

TENGO VIDA, QUE RECIBÍ NO SÉ POR QUÉ,
Y SALUD, QUE CONSERVO NO SÉ CÓMO.
TENGO UNA FAMILIA, Esposa adorable que al entregarme su vida me dio lo mejor de la mía;
Hijos maravillosos de quienes no he recibido sino felicidad;
Nietos con los cuales ejerzo una nueva y gozosa Paternidad.

TENGO HERMANOS, que son como mis Amigos, y
TENGO AMIGOS que son como mis Hermanos.

TENGO GENTE que me ama con sinceridad a pesar de mis defectos, y a la que yo amo con sinceridad a pesar de mis defectos.
TENGO CUATRO LECTORES a los que cada día les doy gracias porque leen bien lo que yo escribo mal.
TENGO UNA CASA,
y en ella muchos Libros (mi Esposa diría que tengo muchos Libros, y entre ellos una Casa).

POSEO UN PEDACITO DEL MUNDO en la forma de un Huerto
que cada año me da Manzanas que habrán acortado aún más la presencia de Adán y Eva en el Paraíso.
TENGO UN PERRO que no se va a dormir hasta que llego, y que me recibe como si fuera yo el dueño de los cielos y la tierra.

TENGO OJOS que ven y OÍDOS que oyen;
PIES que caminan y MANOS que acarician;
CEREBRO que piensa cosas que a otros se les habían ocurrido ya, pero que a mí no se me habían ocurrido nunca.
SOY DUEÑO de la común herencia de los hombres: alegrías para disfrutarlas y penas para hermanarme a los que sufren.

¿PUEDEN EXISTIR MAYORES RIQUEZAS QUE LAS MÍAS?

¿Por qué, entonces, no me puso la Revista "Fortune"

en la Lista de los Hombres más ricos del Planeta ?

¿Y A TI, CÓMO TE CONSIDERAN?
¿RICO Ó POBRE?

HAY GENTE POBRE, PERO TAN POBRE,

QUE LO ÚNICO QUE TIENE ES: DINERO..."

Armando Fuentes Aguirre(Caton)