quinta-feira, 13 de setembro de 2012

.






























31 comentários:

Anónimo disse...

Conseguir a unanimidade não é para todos. Alguém em Portugal conseguiu. Histórico mas muito muito penoso.

Respeitosos cumprimentos.

Isabel Seixas disse...

De um livro em branco vou no sonho de Antoine de Saint-Exupéry...


Isabel Seixas disse...

Sr. Embaixador, que minimalista...

Anónimo disse...

Aposto que estava a ver a RTP Internacional e foi este o post que lhe aprouve!

patricio branco disse...

névoa de fim das ferias? imagem do tm perdido?

Anónimo disse...

É o que dá ver entrevistas...

António P. disse...

O vazio ??!!

Anónimo disse...

Vê-se bem que a oração da Margarida a S.to António não resultou. Ou se a maquineta apareceu veio sem teclado.
José Barros.

Helena Oneto disse...

Senhor Embaixador,

O que este post diz vale mais que palavras. Vindo de si, tudo me admira.
Bom fim de semana!

Anónimo disse...

Primeiro o ipod,agora o blogg???!!!

Anónimo disse...

O comentário que merece o estado actual da governação em Portugal.

Helena Sacadura Cabral disse...

Inteligente vazio...

Guilherme Sanches disse...

Talvez seja oportuno informar que conheço um bom fornecedor de excelentes fotografias e respetivos direitos de utilização.

Pagando, evidentemente! A preços módicos e negociáveis.

Para esta subliminaridade, no entanto, confesso que não tenho nem imagens nem palavras

Mas tenho um grande abraço

Anónimo disse...

branco é,galinha o põe.

Anónimo disse...

branco é,galinha o põe.

Anónimo disse...

Parei. Só depois me pûs a pensar. É tempo de parar e só agir depois de reflectir bem nas consequências. Mais uma vez, Senhor Embaixador,obrigada.

Anónimo disse...

A minha velha rimalhadeira ri muito... e não acerta na rima:

visado pla censura?
devido à conjuntura?
bem teita pra saber
que assim nos vão… lixar

margarida disse...

... e se o iPhone4 nunca tivesse realmente sido perdido?
... e se tivéssemos de ser nós a preencher o vazio?
... e se este vácuo níveo significasse a paz que tanto falta ao planeta?
... e se fosse só mais um teste?

Paulo Abreu e Lima disse...

Senhor Embaixador, como o compreendo... Enfim.

Isabel Seixas disse...

Poema infindo ao branco dos dias do tudo às vésperas do nada...

Anónimo disse...

Eloquente.

Maria Helena

Anónimo disse...

Fazendo um pequeno zaping todas as tvs falam dos partidos e ninguem fala do cerne da questão.

Felismente os aldrabados vão manifestar-se amanhã.

Respeitosos cumprimentos.

EGR disse...

Senhor Embaixador: o vazio deste post atingiu-me em cheio.

Anónimo disse...

Ao princípio pensei que era a net que estava avariada...
...Também não consigo ler nada nas entrelinhas...

Julia Macias-Valet disse...

..."il ya ENFIN des nuances DANS le blanc! Le blanc EST PLUS OU MOINS blanc! »

ART de Yasmina Reza

Anónimo disse...

de ERA UMA VEZ

BRANCO MESMO???

Branco de noiva
de névoa
de lírio
de sombra
branco de página
ansiosa por escrita
suspensa
eminente
inteligente...

branco de virgem
de flor
de amor
de laranjeira
de abraço
cultura
saudade

branco de paz
de pomba
oliveira
de sul

cumplicidade?..

ou
apenas silêncio silêncio silêncio
branco mesmo?...ou ausência do PERVERSO AZUL?...

Anónimo disse...

Diz um velho ditado ídiche ... quando não tens nada de bom para dizer fecha a boca ...

O Senhor Embaixador ... conseguiu subverter completamente o adágio:

Tudo disse de "boca" fechada.

Nuno 361111


Anónimo disse...

Curioso; Como uma página em branco provoca tantos e tão belos comentários, até em verso. E que belo poema Sr. Embaixador

mbs disse...

mais vale uma página em branco que uma entrevista que não diz nada...

Anónimo disse...

A velha rimalhadeira não acertou na rima e eu não acertei na tecla pois escrevi 'bem teita' em vez de 'bem feita'. Alertada por amigos comuns, a senhora chamou-me nomes feios e mandou-me retificar a rimalhice, aproveitando para a transformar em redondilha maior:

foi visado pla censura?

é devido à conjuntura?

pois bem feita que é pra ver

quanto assim nos vão… lixar
se lhes dermos tal prazer

Anónimo disse...

Cara margarida

A minha velha senhora diz que isso não vai assim, tem que se entoar 'responso', rimado a rigor, e acompanhar com padre-nossos e avé-marias q. b. - e com uns eurozitos, porque, como lhe dizia sua avó materna, 'Santo António é interesseiro':

Se milagres desejais
Recorrei a Santo António;
Vereis fugir o demónio
E as tentações infernais.

Recupera-se o perdido,
Rompe-se a dura prisão
E no auge do furacão
Cede o mar embravecido.

Todos os males humanos
Se moderam, se retiram,
Digam-no aqueles que o viram,
E digam-no os paduanos.

Repete-se: Recupera-se o perdido...

Pela sua intercessão
Foge a peste, o erro, a morte,
O fraco torna-se forte
E torna-se o enfermo são.

Repete-se: Recupera-se o perdido...