sábado, 7 de julho de 2012

Maria José

A Maria José partiu há um ano, mas parece que nos faz falta há já muito mais tempo.

4 comentários:

Anónimo disse...

Bem verdade. Um ano já...

Isabel Seixas disse...

Hei, Sr. Embaixador
A foto é tão linda que é de certeza um augúrio de espirito reencarnado, algures por aí ou precisamente por aqui, o Sr. consegue enlevar.

O choro
de qualquer forma esteve lá
algures no sorriso...

Anónimo disse...

Como o tempo passa depressa. A missa celebrada na Misericórdia de Lisboa em sua memória estava repleta de pessoas de diferentes camadas sociais. Há poucos anos fui à CMLisboa com uma mãe e duas filhas buscar as chaves para uma habitação que me parecia ser necessária para que uma das raparigas estudasse, e, que a outra se pudesse tratar de um problema grave de saúde. A que estudou já trabalha e toma conta da outra irmã, numa dedicação comovente, que sem a compreenção da Drª Maria José Nogueira Pinto nunca se teria conseguido.

Anónimo disse...

" Seja qual for o meu destino sei que o Senhor é o meu pastor, por isso nada me faltará. "

" Faço o que digo e digo o que faço. "

"Tive uma vida boa, o que é bem diferente de ter tido uma boa vida. "

Frases dessa figura tal singular e única que foi Maria José Nogueira Pinto.