terça-feira, 13 de setembro de 2011

Richard Hamilton (1922-2011)

Lágrima "pop" por Hamilton.

9 comentários:

Mônica disse...

Boa tarde!
com carinho MOnica

Isabel Seixas disse...

A longevidade com qualidade é apreço de vida...
Mas mais uma lágrima também é ternura e pop também acho...leve leve

Helder Dias disse...

A imagem que ilustra Richard Hamilton não é de Roy Lichtenstein?

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro Helder Dias: eu disse apenas que era "pop" (arte)

Julia Macias-Valet disse...

Caro Helder Dias,
A lagrima é que é "pop" (popular) pela morte de Hamilton...ou seja choramos todos a sua morte.

Como diz o Herman José : "a lingua portuguesa é muito traiçoeira" : )))

As palavras sao como as peças dos puzzles...às vezes é necessario darmos-lhe umas quantas voltas antes de encontrarmos a posiçao e o encaixe correctos, digo eu...
E digo mais...sobretudo aqui nesta casa ; ))

anamar disse...

Mas é, Hélder Dias, é de Roy.
:))

Julia Macias-Valet disse...

...também podemos dizer que a Pop Arte o chora ! E como que nao !?

catinga disse...

É como no caso daquele contrato. Uma vírgula faz a diferença

Anónimo disse...

Caro Senhor Embaixador,

Estou triste porque mais um grande desta geracao se vai e relembro as exposicaoes recentes - Serpentine, British Museum, etc que tive a felicidade de ver.

Calculo que ja leu os varios obituarios na imprensa estrangeira. Em Inglaterra salientam-se os do Indenpent, Guardian, Telegraph e aguardo na imprensa de amanha - Observer e Sunday Times por exemplo.

Cumprimentos

F. Crabtree