quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Regresso

É muito interessante voltar a mergulhar, de um dia para o outro, na realidade política de um país do qual estive afastado algumas semanas. É verdade que, entretanto, fui lendo as notícias que surgiam sobre a França, que já me atualizei com a produção informativa para Lisboa feita, nesse período, pelas minhas excelentes colaboradoras diplomáticas (curiosamente, todas senhoras). Mas nada é igual à presença no quotidiano. E que quotidiano, em escassos dias!

Desde logo, os desenvolvimentos na Líbia, onde a França teve (como já tive oportunidade de assinalar) um papel relevante, que será coroado com uma reunião em Paris, ao mais alto nível, logo no início de Setembro. Depois, os desenvolvimentos do caso Dominique Strauss-Kahn, que encheu debates e entreteve analistas prospetivos. Num terreno que lhe está (e continuará a estar) ligado, prossegue a "liça" no seio dos socialistas franceses, para escolha do "challenger" que disputará a corrida presidencial de 2012 com o atual presidente. E, para culminar estes dias franceses bem cheios, com vista a tentar acalmar os mercados e prevenir os humores de quem os antecipa, surgiu o anúncio pelo governo de um importante plano de austeridade, abrangendo o domínio fiscal e os cortes na máquina do Estado.

Paris-cidade ainda vive em ritmo de férias, com o próximo fim de semana a representar o grande regresso ao trabalho. Mas a "rentrée", essa, já aí está, em pleno!   

2 comentários:

Anónimo disse...

Bom Recomeço
Isabel Seixas

Margarida disse...

Ah! A foto do pedacinho luso chez les gauloises!
Jolie!
...mas porquê a diligente nota 'feminista'? Também poderia haver colaboradores diplomáticos (seria natural, non?)
Hmmm...
A rentrée instala-se assim que chegam as pessoas de relevo.
Et voilá!
;)
A (des)propósito: já leu a «Sábado»?..muito gostam eles de si... :)
E desta vez fazem 'pendant' com a nossa Milady.
Dupla de respeito!
Vénia...