terça-feira, 23 de agosto de 2011

Blogagens

Não sou muito dado a visitar com regularidade outros blogues (lamento muito, mas é pura verdade!) e, quase sempre, sinto-me mais tentado a passear por aqueles onde se publicam coisas com que sei que não vou estar de acordo. Não se trata de masoquismo, é mera curiosidade de conhecer o que pensa quem sei, de ciência certa, que não pensa como eu. 

Num desses episódicos percursos, dei-me conta que, nos últimos dias, as coisas andam acesas entre escribas em sítios famosos na blogosfera política portuguesa, de opostas tendências. Ao que se nota, as teclas desembainharam-se e soltam-se mesmo alguns vernáculos. Nada de que se não estivesse à espera, nesta mudança de ciclo. Mas, francamente, nunca pensei que a agressividade chegasse onde já vai. No fim, cá por (duas ou três) coisas, creio que, entre mortos e feridos, alguém há-de escapar...

9 comentários:

Anónimo disse...

Uma Imagem vale mais que mil palavras.
Isabel seixas

Um Jeito Manso disse...

Caro Embaixador,

Tem razão no seu comentário. Agressividades, enredos e quezílias inúteis.

Em contra corrente, eu hoje resolvi falar de temas que me parecem basilares da sociedade: a matemática, o ensino da matemática, a modernização do parque escolar (levado a cabo por Sócrates) e a dificuldade em fazer prevalecer algum interesse sobre estes assuntos, nestes tempos de futilidade e ignorância.

(http://umjeitomanso.blogspot.com/2011/08/beleza-pura-da-matematica-o-ensino-da.html)


PS: Ontem, no meu blogue, referi-me ao seu como tendo tendo motivado o que escrevi. Espero que não leve a mal: http://umjeitomanso.blogspot.com/2011/08/traicao-e-mais-comum-nos-homens-que-nas.html


Muitos cumprimentos e o meu apreço pelo que, 'matematicamente', aqui escreve.

Anónimo disse...

Hoje estive com uma amiga que fez um retiro, decorrente da frequência num curso de abstinência de palavra e comida...
(...)

Vem a propósito de pensar que talvez seja uma alternativa às necessidades de catarse, só para variar e dar férias à agressividade.
Isabel Seixas

Fada do bosque disse...

Oh sr. Embaixador!! :)
Não me diga que andou a blogar no "Da Rússia"! ahahahahahah!! É que a falta de cuecas, podia muito bem causar uma guerra atómica, caso as armas estivessem nas mãos de alguns comentadores! Pobre dr. Milhazes... "ouve" cada uma!! ehhehheheh que gente!...

Fábio Paulos disse...

esperemos que se safem os melhores, porque não precisamos mais de 'maus'

Paulo de Abreu e Lima disse...

Senhor Embaixador, peço desculpa pelas palavras, porventura, mais impróprias que utilizei no meu anterior comentário (que fez muito bem em não publicar). Teria vindo certamente da leitura desses tais blogues, cuja agressão e vernáculo parecem imperar. Com os mais estimados cumprimentos, sou cordialmente
Paulo de Abreu e Lima.

PS: Disponha quanto à publicação ou não deste.

Portugalredecouvertes disse...

Sr.Embaixador

permita-me que lhe coloque uma questão, se me pode responder
No seguimento de algumas medidas de modernização da administração em Portugal, como a utilização da informatica, levadas a cabo pelo governo do Sr Eng. Socrates, terão essas medidas também sido aplicadas nos Consulados em França, para facilitarem a vida aos emigrantes que lá se encontram e respectivas familias, muitas dessas pessoas de nacionalidade francesa e para as quais a nossa burocracia é muitas vezes vista como algo "assustador"? portanto terão havidos alguns melhoramentos para eles?
Melhores cumprimentos
Atentamente
Angela

Helena Sacadura Cabral disse...

A violência verbal, por vezes, faz tanto ou mais mal que a física.
Eu própria, que nunca censurei ninguém no meu blogue, já pedi menos raiva, menos rancor ideológico nos comentários.

José Sousa e Silva disse...

Vale a pena recordar um episódio ocorrido na modesta casa do Conselheiro Albino dos Reis que não dispensava a leitura diária de um jornal da oposição e a quem eu perguntei um dia : com que então Senhor Conselheiro lendo um jornal desses ? E ele respondia : "pois são estes que eu leio porque os outros já sei o que dizem"...