sábado, 26 de março de 2011

Geografia política

A deputada "verde" Heloísa Apolónia é uma voz sempre em evidência nos debates televisivos, dado o papel proeminente que desempenha no seu grupo parlamentar na Assembleia da República.

Nem sempre foi assim. Ao tempo em que estive no governo, Isabel Castro era a mais conhecida representante dos "Verdes". 

Um dia, em 1998, num almoço numa cervejaria em Gdansk, numa comitiva que acompanhava o presidente da República à Polónia, um colega meu do executivo, voltou-se para Isabel Castro e exclamou: "Francamente, Isabel, acho que você não devia fazer parte desta delegação".

Ficámos todos siderados. Isabel Castro era uma deputada respeitada, mantinha com todos nós uma relação de grande cordialidade e companheirismo, além de que, da parte do meu colega do governo, homem agradável e delicado, não era de esperar uma atitude tão pouco cavalheiresca.

Antes que alguém reagisse - e eu era um dos que ia fazê-lo, quanto mais não fosse pela grande simpatia que tenho por Isabel Castro - o governante esclareceu: "Então você não acha que devia ter vindo a Heloísa 'à Polónia?!'"

7 comentários:

Anónimo disse...

O governante teve imenso sentido de humor.

A fotografia parece-me tipicamente holandesa. Será?

Isabel BP

Banda in barbar disse...

além de que, da parte do meu colega do governo, homem agradável e delicado, não era de esperar uma atitude tão pouco cavalheiresca.

pois é o que acontece com os políticos fazem piadas com tudo
e riem-se dos pategos deste país
que aparentemente é diverso do deles

numa semana em que um primeiro ministro e um presidente de muito poucos portugueses

terem dado uma machadada final
nos restos de um país

com a cupidez de uns e a imbecilidade de outros como pano de fundo

grafia política...pois

Banda in barbar disse...

ulterioare vor fi trimise la bandalheira2012@gmail.com

obviamente a bandalheira antecipou-se um ano

coisas que acontecem

embaixadores têm um fundo de pagamento especial imune às incertezas da restante função?

aparentemente sim

Anónimo disse...

Confesso que demorei um cibinho a atingir...

É bom saber que existem espiritos protetores, embora acredito que a sra a fazer jus ao nome dispensava... mas que é bonito é.

Ah! A foto é divinal, que harmonia na diferença de cores até parece e ilustra paz...Hum que bom, já sinto que nem preciso de ir à missa.

Sofro de poucos pecados de omissão, embora tenha consciência que é pouco comercial, menos aliciante...
Isabel seixas

Julia Macias-Valet disse...

"A fotografia parece-me tipicamente holandesa. Sera ?"

Muito provalvelmente, nao, cara Isabel BP.

O mundo ja nao é o que nos ensinaram...muito provavelmente é...o lago Naivasha no Quénia : (

Ver:
http://videos.lavoixdunord.fr/video/iLyROoafMq_v.html

Ou ler :
http://ecologie.blog.lemonde.fr/2011/02/14/nos-roses-de-la-saint-valentin-assechent-un-lac-au-kenya/#xtor=RSS-3208

Eis porque precisamos de muitas Heloisas e de muitas Isabéis...e de nos INDIGNAR !

Anónimo disse...

Cara Júlia,

O que se tem feito no lago Naivasha é um atentado ao meio ambiente e uma exploração à população local.

Isabel BP

Helena Sacadura Cabral disse...

Bela "estória"!